Sem 2ª dose para todos, variante delta pode levar a mais contaminações e mortes nas escolas, alerta biólogo

13/08/2021 20:44

Novo estudo divulgado na quinta (12) mostra que com o avanço dessa variante, eficácia da primeira dose da vacina cai de 50% para 35%. Quem ainda não está totalmente imunizado, como centenas de milhares de professores e alunos, ficará sujeito a contaminações e mortes na volta às aulas presenciais.

Publicidade

Sem imunização completa e geral, não é adequado voltar às aulas presenciais. Foto: aplicativo Canva.
Sem imunização completa e geral, não é adequado voltar às aulas presenciais. Foto: aplicativo Canva.

Educação | A variante delta do coronavírus pode levar a muitas contaminações e mortes com retorno das aulas presenciais. Segundo estudo divulgado na quinta (12) pelo New England Journal of Medicine (EUA), essa variante do coronavírus é mais resistente a anticorpos produzidos por vacinas. No caso dos não vacinados ou que tomaram só uma dose, o perigo aumenta mais ainda. 

Após o anúncio, o biólogo Flávio N Cerqueira fala sobre o assunto e recomenda retorno às escolas só após aplicação de 2ª dose para todos os profissionais do magistério e alunos.

Por o senhor não aconselha retorno agora às aulas presenciais?

A pandemia continua infectando, sequelando e matando ainda muita gente. E essa variante delta, segundo especialistas do mundo todo, é mais resistente a anticorpos produzidos pelas vacinas. Em muitos casos, proteção cai de 50% para 35% para quem está só com a primeira dose, seja a da Pfizer ou da AstraZeneca. Matéria do Globo (13) e de outros jornais do mundo todo mostram isso. E para quem não está com dose nenhuma? Óbito à vista. Não aconselho volta não, pois certamente haverá novas contaminações e mortes. Dados do próprio Ministério da Saúde indicam que cepa dessa variante delta avança rápido em todo o Brasil. Continua, após o anúncio.

E a segurança sanitária que há nas escolas?

Que segurança? No geral, escolas públicas, e mesmo grande parte das privadas, não oferecem as condições mínimas de segurança exigidas pelas próprias secretarias de saúde de estados e municípios. Em muitas falta até água e sabão. Como voltar agora, se muitos professores e alunos não tomaram sequer a primeira dose de qualquer vacina contra o vírus? O mais sensato, por enquanto, é continuar no sistema remoto e pressionar as autoridades para vacinar em massa com as duas doses em todo o País. Nada é mais precioso que a saúde e a vida.

Compartilhe e curta abaixo nossa página no Facebook, para receber atualizações sobre este tema.

Faça uma pequena doação de um valor qualquer para que possamos continuar a manter este site aberto. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Doar com PagSeguro

Curta nossa página e receba atualizações sobre este tema!

Mais recentes sobre educação...