'Mito' já foi desarmado por bandidos e socorrido por uma mulher de um governo de esquerda! Leia e compartilhe...

29/07/2018 18:44

Bolsonaro, mesmo armado, foi humilhado por assaltantes. Uma mulher de um governo de esquerda o socorreu / Foto: Agência Brasil
Bolsonaro, mesmo armado, foi humilhado por assaltantes. Uma mulher de um governo de esquerda o socorreu / Foto: Agência Brasil

Após entregar, mansamente, sua arma e uma moto aos bandidos, Bolsonaro procurou ajuda policial. Foi socorrido pela delegada Marta Rocha, que exercia cargo de confiança no governo de Leonel Brizola, um dos maiores expoentes da esquerda brasileira

Bolsonaro | O deputado Jair Bolsonaro criou em torno de si a imagem de um homem destemido, corajoso e que, se quiser, pode resolver qualquer coisa na porrada, principalmente quando se trata de enfrentar bandidos. Muitos dos seus milhares de seguidores — quase todos 'homens' muito machistas — o idolatram e o consideram um 'mito' por conta disso. 

O que muitos não sabem ou fingem não saber é que Bolsonaro já foi humilhado por assaltantes, que o desarmaram e levaram a possante moto que o 'mito' pilotava. Segundo alguns de seus adversários, o hoje valentão das redes sociais mijou nas calças ao entregar, mansamente, a arma e a moto aos bandidos. (Continua, após o anúncio).

Socorrido por uma mulher de um governo de esquerda

Pelas ironias do destino, após o humilhante assalto o 'mito', totalmente desnorteado, indefeso e certamente choroso, procurou um distrito policial e foi socorrido por uma mulher — a delegada Marta Rocha — que exercia cargo de confiança no governo Leonel Brizola, um dos maiores quadros da esquerda brasileira. Bolsonaro esconde esse fato como o diabo foge da cruz. 

Compartilhe para que todos saibam como o valentão age em momentos difíceis. O episódio foi noticiado pelo jornal A Tribuna da Imprensa (RJ), na edição nº 13.858, página 5, de 5 de julho de 1995. 


Veja, após o anúncio:

Leia também: