Quanto mais fala, mais Bolsonaro se enrola, diz analista

28/03/2024

"Golpista parece um menino que tenta esconder dos pais os malfeitos que apronta na rua. No mínimo, terminará com uma tornozeleira."

Quinta-feira, às 00:59


Compartilhe a matéria


Após ser exposto em todo o mundo — pelo "The New York Times" — por ter se escondido duas noites na Embaixada da Hungria em Brasília, o ex-presidente Jair Bolsonaro disse ser "ilógico" achar que ele queria fugir do país apenas porque, em pleno carnaval e após ter passaporte apreendido pela PF, procurou guarita num local onde não poderia ser preso. "Justificativa" do sujeito "mais sujo que pau de galinheiro" foi em resposta ao ministro do STF Alexandre de Moraes, que quis saber detalhes do episódio. O jurista baiano Cláudio N Correia, consultado pelo Dever de Classe, diz que o "golpista parece um menino que tenta esconder dos pais os malfeitos que apronta na rua. Quanto mais fala, mais se complica. No mínimo, terminará com uma tornozeleira eletrônica." Após o anúncio, ele fala um pouco mais sobre a questão.



Tópicos relacionados:


Por que Jair Bolsonaro terminará no mínimo com uma tornozeleira?

Na verdade, já há elementos concretos para pedir a prisão preventiva de Jair Bolsonaro. Esse episódio da Embaixada da Hungria foi só mais um. Tem o caso das joias, vacina e os fatos relativos ao 8 de janeiro de 2023. Desde que ele saiu da presidência, são muitos os indicativos de que, mais cedo ou mais tarde, acabará na cadeia. Antes disso, no mínimo, acabará de tornozeleira e outras restrições que inibam suas traquinagens. Bolsonaro parece um menino que tenta esconder dos pais os maus feitos que apronta na rua. Mas não consegue, por mais que minta e mande seus advogados se justificar por ele na mídia. Quanto mais fala, mais se complica.

Mas por que então o Alexandre de Moraes ainda não tomou nenhuma medida neste sentido, além da apreensão do passaporte?

Creio que o cálculo é político. Bolsonaro ainda aglutina muita gente em torno dele. É preciso juntar mais provas para condená-lo de modo a minar o discurso de perseguição política. É questão de tempo. Mas vai acontecer.

Compartilhar a matéria

Pix CEF

pix@deverdeclasse.org

João R P Landim Nt  


Pix Vakinha

3435969@vakinha.com.br

João Rosa Paes Landim Neto 


Leia mais...


Mais vinte destaques no Brasil e no mundo...


1985. Morte de Tancredo Neves, primeiro quase presidente civil após o fim da ditadura militar instalada no Brasil em 1964.

1980. Durante a ditadura militar, o então líder sindical Luís Inácio Lula da Silva é preso por liderar uma famosa greve operária no ABC paulista.

2016. Câmara dos Deputados afasta a presidenta Dilma do cargo e dá início oficial ao golpe que levou Michel Temer e Jair Bolsonaro ao poder.

1917. Lenin volta de seu exílio na Suíça e, após chegar em Petrogrado, lança suas famosas "Teses de Abril, documento que daria origem à URSS.