Traição? | Olavo de Carvalho diz que defensores de intervenção militar peidam pela boca! Assista e compartilhe...

29/05/2018 19:30

"Filósofo" lembra que o período militar recente no Brasil (1964-1985) foi planejado durante dois anos antes que fosse posto em prática. Na atual conjuntura, "só Bolsonaro e lunáticos defendem tal proposição" 

DA REDAÇÃO | No vídeo ao final da matéria, o "filósofo" Olavo de Carvalho diz que defensores de ditadura militar soltam flatos pela boca, isto é, peidam verbalmente ao defenderem tal questão. Essa declaração não representaria muita coisa de importante se Carvalho não fosse o principal "pensador" e guru dos chamados coxinhas, maiores fãs, como se sabe, dos milicos brasileiros. Olavo de Carvalho trai seus seguidores?


Bolsonaro e malucos

O "filósofo" lembra que o período militar recente no Brasil (1964-1985) foi planejado durante dois anos antes que fosse posto em prática. E que teve amplo apoio na época de governadores, parlamentares, igreja, mídia, população e fora do Brasil. Na atual conjuntura, só Bolsonaro e lunáticos que não sabem o que dizem defendem tal proposição, explica Carvalho. (Continua, após o anúncio).

[Quem defende ditadura militar hoje sem saber como ela se daria] "é um louco, palhaço". Tudo que fala é um peido verbal, pra falar a verdade", conclui o "filósofo". Os coxinhas certamente devem estar indignados com o seu (deles) guru.


Assista!

LEIA TAMBÉM:

DA REDAÇÃO | O deputado Jair Bolsonaro (PSL-Rio) é só um laranja do PSDB, embora tenha conquistado uma legião de seguidores que tem forte antipatia pelos tucanos. Por que os fãs do "mito" não percebem que estão sendo enganados? Porque se guiam muito pela emoção e não por qualquer ínfimo sentido de racionalidade.