Gestores usam fake news para enrolar reajuste; greve geral neles

19/01/2022

Prefeitos e governadores querem empurrar a questão até próximo das eleições, quando dirão, também de forma descabida, que correção salarial estará proibida. Professores não devem iniciar o ano letivo para garantir o direito no máximo até fevereiro, aconselha especialista.

Sem reajuste de 33,23%, aulas não podem começar. Foto: Agência Brasil.
Sem reajuste de 33,23%, aulas não podem começar. Foto: Agência Brasil.

Educação | Prefeitos e governadores querem empurrar a questão do reajuste do magistério — 33,23% — até próximo do início oficial do período eleitoral, no mês de abril. Com isso, a exemplo das fake news que já divulgam hoje, dirão depois — também de forma descabida — que correção salarial estará proibida. Professores não devem iniciar o ano letivo para garantir o direito no máximo até fevereiro. Se passar disso, tudo ficará mais difícil, diz o Cientista Social Jairo R Medeiros, consultado pelo Dever de Classe. Confira, após o anúncio.


Para garantir o reajuste, os professores não devem iniciar o ano letivo?

Sim. Prefeitos e governadores querem empurrar essa questão até o mês de abril, início oficial do período eleitoral deste ano. Por enquanto, estão usando duas fake news para empurrar a coisa com a barriga: uma é que a lei do piso perdeu a eficácia. A outra mentira é que aumento só pode ser dado quando o MEC fizer um anúncio oficial. Se conseguirem com isso chegar até abril, dirão que é proibido dar reajuste seis meses antes das eleições, outra fake news, porque a lei do piso é para janeiro. Mas isso vai confundir a opinião pública e até muitos educadores. Por isso, ano letivo não deve começar. Reajuste tem de sair até no máximo fevereiro. Depois, tudo ficará mais difícil.


Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. E aproveite também para deixar uma pequena doação ao nosso site.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

Chave para Pix

E-mail: pix@deverdeclasse.org - João R P Landim Nt 

Siga-nos!

Mais recentes sobre educação

Deixe de aterrorizar os brasileiros com suas ameaças. Aceite que a maioria do povo não o quer mais. Vá rezar, se benzer, tomar um banho de sal grosso no lombo. Peça perdão por seus crimes cometidos na presidência. O Brasil quer é Lula de novo", diz um dos trechos enviado pela docente.