"Quem quiser se arriscar a morrer, que volte agora pra escola; eu e meus filhos não vamos", diz professora

09/08/2020

"Só com vacina retorno às aulas é seguro. O resto é conversa fiada de quem não sabe o que é uma escola por dentro", diz também a docente.

COMPARTILHE!

Publicidade

Imagem ilustrativa: aplicativo Canva.
Imagem ilustrativa: aplicativo Canva.

Saúde | Em e-mail enviado ao Dever de Classe, a professora paulista Sandra N Aragão diz que ela e nem os filhos voltam agora para a escola porque não querem correr o risco de se contaminar de coronavírus e morrer. A educadora afirma também que: "Só com vacina o retorno é seguro. O resto é conversa fiada de quem não sabe o que é uma escola por dentro." Veja, após o anúncio.

Sem vacina não dá

O que disse a professora:

"Quem quiser se arriscar a morrer, que volte agora pra escola; eu e meus filhos não vamos. Só com vacina retorno às aulas é seguro. O resto é conversa fiada de quem não sabe o que é uma escola por dentro."

Após o anúncio, vote na enquete e dê também sua opinião.

COMPARTILHE!

Faça uma pequena doação de qualquer valor, para ajudar a cobrir os custos de manutenção do site. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...

1932. O mafioso Al Capone começa, em Atlanta, a cumprir uma sentença de onze anos de prisão por sonegação de impostos.

1979. Margaret Thatcher vence as eleições gerais do Reino Unido e torna-se a primeira mulher a ser primeira-ministra britânica.

No entendimento de José Professor Pachêco e Renato Coelho de Farias, a correção do piso deve ser pelo custo aluno executado, e não pelo custo aluno estimado. Deste modo, índice de 2024 é 4,70%, e não 3,62%. Nesta linha, valor nominal deste ano é R$ 4.633,44, em vez de R$ 4.580,57. Foi o que divulgamos aqui em matéria do Dever...