Médica infectologista diz que não manda os próprios filhos para a escola antes de vacina contra o coronavírus

01/08/2020 12:54

Especialista fala a partir de estudo feito na Coreia do Sul e afirma também que lutará para que não tenha aulas presenciais no meio deste caos.

COMPARTILHE!

Publicidade

Juliana Salles, médica infectologista. Foto: Facebook/Reprodução.
Juliana Salles, médica infectologista. Foto: Facebook/Reprodução.

Saúde | A médica infectologista Juliana Salles faz um importante alerta a todo o País e afirma que não manda os próprios filhos para a escola agora, pois, como afirma, "volta às aulas segura só com vacina" contra o novo coronavírus. A infectologista fala a partir de um estudo feito recentemente na Coreia do Sul, que mostra que pessoas entre 10 e 19 anos podem espalhar o vírus na mesma intensidade que os adultos. Isto representa um perigo com cheiro de contaminação e morte quando se quer voltar às aulas em meio ao caos da pandemia. Juliana Salles é diretora da CUT e do Sindicato dos Médicos de São PauloContinua, após o anúncio.

Pesquisa e risco de contaminação

O estudo que mostra que volta às aulas em meio ao caos da pandemia é um perigo foi publicado no periódico Emerging Infectious Diseases. "A pesquisa mostrou que pessoas entre 10 e 19 anos podem espalhar o vírus na mesma intensidade que os adultos. Já aquelas com menos de 10 anos também são vetores da doença, mas ainda não está claro com qual intensidade. Os resultados, de acordo com os autores do estudo, sugerem que, à medida que as escolas forem reabrindo, há uma grande possibilidade de surgirem novos focos de contaminação." Após o anúncio, veja o alerta direto da infectologista.

O alerta direto da médica:

"Eu como mãe, médica e sindicalista não mando meus filhos para escola e vou lutar para que não tenha aulas presenciais no meio deste caos. Volta às aulas segura só com vacina."

Com informações de: CUT Nacional.

Vote na enquete!

COMPARTILHE!

Faça uma pequena doação de qualquer valor, para ajudar a cobrir os custos de manutenção do site. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...