Lula é o único que fala em manter cotas sociais e raciais na educação

07/10/2022

Programa de governo reafirma também o compromisso de valorizar e reconhecer os profissionais do magistério, algo que o ex-presidente já começou a fazer quando, por exemplo, aprovou a Lei do Piso Nacional dos professores.

Educação | De todas as propostas dos candidatos a presidente, a de Lula é "a única que fala explicitamente sobre a continuidade das políticas de cotas sociais e raciais na educação superior, bem como ampliação para outras políticas". Durante mandatos de Lula e Dilma, "as universidades públicas e institutos federais foram levados para todo o interior do país. Foram criadas 18 novas universidades federais e 173 campus universitários, praticamente duplicando o número de alunos entre 2003 a 2014: de 505 mil para 932 mil."

"Os institutos federais também tiveram uma grande expansão durante os governos do PT: foram implantados mais de 360 unidades por todo o Brasil."

Lula no Instituto Federal de Ensino do Espírito Santo, em Cariacica. Foto: Ricardo Stuckert.
Lula no Instituto Federal de Ensino do Espírito Santo, em Cariacica. Foto: Ricardo Stuckert.

Continua, após o anúncio.

Leia também:

Colorido

Para o professor Renato Janine Ribeiro, "é muito relevante tratar das cotas, porque foi uma política transformadora: coloriu nossa elite, trouxe os pobres para as universidades". Janine Ribeiro e presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e foi ministro da educação por cinco meses durante o governo de Dilma Rousseff (PT).

Piso dos professores

Em relação ao pessoal do magistério, programa de Lula reafirma o compromisso de valorizar e reconhecer os profissionais do setor, algo que o ex-presidente já começou a fazer quando, por exemplo, aprovou a Lei do Piso Nacional da categoria em 2008. Piso Nacional possibilitou ganhos reais de salário aos educadores bem acima da inflação.

Com informações de: Site Jota e site Lula Presidente.


Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. E aproveite também para deixar uma pequena doação ao nosso site.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

Chave para Pix

E-mail: pix@deverdeclasse.org - João R P Landim Nt 

Siga-nos!

Mais recentes sobre educação

Lei Complementar contra o magistério, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro em março deste ano, desconsiderou — para efeito de vários e importantes benefícios — quase dois anos de trabalho dos profissionais da educação, maio de 2020 a 31 de dezembro de 2021, fase crítica da pandemia de Covid-19. Na prática, é como se o magistério não tivesse...
Anúncios de pagamento devem se intensificar no mês de dezembro. Expectativa é que muitos estados e inúmeros municípios paguem o abono aos profissionais do magistério. CNTE luta para mudar critério de distribuição.