Da fortuna gasta por Bolsonaro em compras de supermercado, R$ 60 milhões foram para o MEC, mesmo sem aulas presenciais em 2020

27/01/2021 18:44

Ministério da Educação é o segundo colocado em gastança. O primeiro é o Ministério da Defesa. Em 2020, MEC foi dirigido até junho por Abraham Weintraub. Depois entrou o atual ministro, pastor Milton Ribeiro.

Publicidade

Bolsonaro e ministro da Educação Milton Ribeiro: farra com dinheiro público.
Bolsonaro e ministro da Educação Milton Ribeiro: farra com dinheiro público.

Educação | Segundo o levantamento feito pelo site Metrópoles (26), da fortuna de quase R$ 2 bilhões gasta por Jair Bolsonaro em compras de supermercado, R$ 60 milhões foram para o MEC, mesmo sem aulas presenciais em 2020.

Ministério da Educação é o segundo colocado em gastança. O primeiro é o Ministério da Defesa. Em 2020, MEC foi dirigido até junho por Abraham Weintraub. Depois entrou o atual ministro, pastor Milton Ribeiro. Continua, após o anúncio.

Tem de se explicar

Para a estudante Joselane A Almeida, da Universidade Federal do Piauí — UFPI, o pastor Milton Ribeiro tem de explicar como gastou tanto dinheiro mesmo com as universidades e escolas públicas todas fechadas. Continua, após o anúncio.

Mistério

"O que foi comprado? Para que? Em quais empresas?" Estas são algumas das indagações que Joselane e muitos outros estudantes e professores de todo o Brasil fazem neste momento. O ex-ministro Abraham Weintraub também tem de se explicar.

Faça uma pequena doação de qualquer valor, para ajudar a cobrir os custos de manutenção do site. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes sobre educação...