Apenas 1% do FPM de dezembro distribuirá R$ 5,7 bilhões às prefeituras

09/12/2021

"Com arrecadação anual maior do que a prevista neste ano, o repasse está acima do esperado inicialmente. O montante é 31,4% maior em comparação com o mesmo repasse de 2020", diz a Confederação Nacional de Municípios. Majoração significativa de verbas favorece reajuste do magistério em janeiro de 2022.

Publicidade

Prefeitos estão nadando em dinheiro. Imagem ilustrativa criada com aplicativo Canva.
Prefeitos estão nadando em dinheiro. Imagem ilustrativa criada com aplicativo Canva.

Economia | Matéria de quarta-feira (8) da Confederação Nacional de Municípios (CNM) destaca que apenas 1% do FPM de dezembro distribuirá R$ 5,7 bilhões para os municípios do País. Prefeitos, como se diz no popular, estão "nadando em dinheiro". Alta na majoração de recursos favorece o reajuste de 31,3% previsto para o magistério em 2022. Continua, após o anúncio.

Alta de recursos e reajuste do magistério

"Com arrecadação anual maior do que a prevista neste ano, o repasse está acima do esperado inicialmente. O montante é 31,4% maior em comparação com o mesmo repasse de 2020", diz a CNM. 

Para o economista Cézar R Falcão, consultado pelo Dever de Classe, alta de recursos favorece, dentre outros pontos, o reajuste de 31,3% previsto para o magistério em janeiro de 2022. "Não há dúvidas de que os cofres dos prefeitos engordaram bastante neste ano de 2021, não só por conta do FPM. Aumento nos recursos do Fundeb também foram muito significativos. E isto são ótimos sinais para a correção dos professores logo no próximo mês de janeiro", diz o especialista.

Confira os números aqui.

Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. Aproveite para deixar também uma pequena doação ao nosso site.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

PIX - Celular 86988453625 João R P Landim Nt

Siga-nos!

Mais recentes sobre economia

Arthur Lira — a pedido de Jair Bolsonaro — quer aprovar projeto ainda neste ano. Plano, na prática, acaba com o caráter de servidor público no País. Medida atinge atuais e futuros servidores, e retira estabilidade, ascensão na carreira e salários, ataca aposentadorias, e privatiza e terceiriza tudo, sobretudo saúde e educação. Somente alguns...