Fundeb: aposentada cita dinheiro do BB para rateio 

12/12/2021

"Sei que não vou receber, mas meus colegas vão e têm direito. Pelo que vi, há muito dinheiro a ser rateado no Brasil inteiro. Todo mundo deve abrir o olho em relação a isso", diz educadora pernambucana.

Prefeito ou governador que não reajustou salários do magistério em 2021 não têm como ter gasto todos os recursos obrigatórios no pagamento de pessoal. Imagem: arquivos Webnode.
Prefeito ou governador que não reajustou salários do magistério em 2021 não têm como ter gasto todos os recursos obrigatórios no pagamento de pessoal. Imagem: arquivos Webnode.

Educação | A professora pernambucana aposentada Madalena R Aragão nos envia e-mail e diz que, após checar dados do Banco do Brasil, não tem dúvidas de que existem sobras de recursos do Fundeb/2021 no País inteiro. Por conta disso, destaca: "Sei que não vou receber, mas meus colegas vão e têm direito. Pelo que vi, há muito dinheiro a ser rateado. Todo mundo deve abrir o olho em relação a isso." Após o anúncio, a educadora apresenta números sobre a questão. Confira.

Trechos do e-mail da professora

Fui olhar São Paulo, o mais rico do País. Em novembro de 2020, Estado recebeu do Fundeb R$ 1.381.308.539,48. Já em novembro deste ano: R$ 2.128.219.533,30. Diferença a mais: R$ 746.910.993,82. Sobrou tanto dinheiro que o governador Doria está pagando abono.

Olhei também o considerado mais pobre: Piauí. Em novembro deste ano, Fundeb foi acima de R$ 17 milhões a mais que no mesmo mês do ano passado. Lá também parece que terá abono. Continua, após o anúncio.

Chequei outro considerado rico, Minas Gerais. Lá, comparando novembro de 2020 com novembro de 2021, recursos do Fundeb cresceram mais de R$ 291 milhões.

Voltei para o Nordeste: Ceará. Comparando também os meses de novembro 2020/2021, alta no Fundeb foi de mais de 62%. 

No Amazonas, o desempenho superou todas as expectativas: mais de 100% de majoração, também em relação a novembro nestes dois anos.

E em Pernambuco, minha terra, sobrou tanto dinheiro que o governador também já enviou lei para a assembleia para fazer o rateio. Continua, após o anúncio.

Em todo o País é assim. Basta ir ao site do Banco do Brasil para confirmar. Denuncie o prefeito ou governador que não quiser pagar.

E se o sindicato, Conselho do Fundeb, Ministério Público, políticos que se dizem de oposição não cobrar, denuncie essas pestes também.


Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. E aproveite para deixar também uma contribuição para o nosso site.

Faça uma pequena doação de um valor qualquer para que possamos continuar a manter este site aberto. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Chave para Pix

E-mail: pix@deverdeclasse.org - João R P Landim Nt

Siga-nos!

Mais recentes sobre educação...

Professora Dorinha é presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados e diz que não há lacuna para que o percentual de 33,23% não seja cumprido urgentemente, tal como reza a lei 11.738/2008. O Dever de Classe entrou em contato com a assessoria da parlamentar e obteve mais informações sobre as ações que poderão ser feitas.
Educadora diz que "é uma tristeza ver uma professora usar o nome de Deus para defender um presidente satânico e que "se não houver paralisação nacional e luta não haverá aumento de salário nenhum".