Escola de Cadetes da Aeronáutica mantém aulas e 200 alunos pegam coronavírus

27/05/2020

É o mau exemplo que vem de cima, denuncia João Pedro Stédile, do MST.

COMPARTILHE!

Publicidade

O presidente Jair Bolsonaro conversa com jornalistas, após visita ao Comando da Aeronáutica, em Brasília. Foto: José Cruz/Agência Brasil.
O presidente Jair Bolsonaro conversa com jornalistas, após visita ao Comando da Aeronáutica, em Brasília. Foto: José Cruz/Agência Brasil.

Educação | Segundo a revista Época denuncia, a Escola de Cadetes da Aeronáutica em Minas Gerais não quis suspender aulas e 200 alunos se contaminaram com coronavírus. Sobre esse triste fato, João Pedro Stédile — líder do MST — questiona, em sua conta no Twitter: "E agora, vão responsabilizar o diretor ou vai ficar por isso mesmo?" Veja, após o anúncio e enquete.

Para quem vai a conta?

COMPARTILHE!

Faça uma pequena doação de qualquer valor, para ajudar a cobrir os custos de manutenção do site. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...

Prefeitos e governadores querem empurrar a questão até próximo das eleições, quando dirão, também de forma descabida, que correção salarial estará proibida. Professores não devem iniciar o ano letivo para garantir o direito no máximo até fevereiro, aconselha especialista.
Professora Dorinha é presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados e diz que não há lacuna para que o percentual de 33,23% não seja cumprido urgentemente, tal como reza a lei 11.738/2008. O Dever de Classe entrou em contato com a assessoria da parlamentar e obteve mais informações sobre as ações que poderão ser feitas.