Professora dá um conselho a pediatras favoráveis a que crianças voltem às escolas em plena pandemia

13/01/2021

Docente se refere a uma manifestação nacional que ocorrerá dia 16 próximo, sábado, para pressionar pelo retorno às aulas presenciais em todo o Brasil. Segundo a mídia nacional, movimento tem apoio de médicos pediatras.

Publicidade

Imagem ilustrativa: aplicativo Canva.
Imagem ilustrativa: aplicativo Canva.

Educação | Uma professora de João Pessoa-PB enviou um e-mail hoje (13) para o Dever de Classe onde critica a manifestação em caráter nacional que ocorrerá dia 16 próximo, sábado, pelo retorno das aulas presenciais em todo o Brasil. Leia AQUI. 

Alguns médicos pediatras apoiam esse movimento e avaliam que as crianças já podem retornar às escolas. A cidade dessa educadora é uma das 27 que já confirmaram carreata para o dia do movimento. Após o anúncio, veja o conselho da professora aos 'doutores'.

O conselho da professora:

"Em primeiro lugar, deixo claro que tenho o maior apreço pelos médicos e por todos os profissionais da saúde. O que seria de nós se não fossem eles, principalmente nessa pandemia. Mas nesse caso do retorno às aulas agora, acho que esses pediatras estão equivocados. No entanto, se avaliam que as crianças já podem voltar às escolas, é só irem lá eles mesmos dar aula pra elas. Eu é que não vou sem vacina." Ana C Costa.

Curta abaixo nossa página no Facebook e receba em breve mais detalhes sobre este tema.

Faça uma pequena doação de um valor qualquer para que possamos continuar a manter este site aberto. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Doar com PagSeguro

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes sobre educação...

Desde 2013, o STF considerou como constitucional a Lei do Piso Nacional dos professores. O mesmo Supremo decidiu ainda que o critério de reajuste anual também está de acordo com a Constituição Brasileira. Tal decisão se deu em fevereiro de 2021, isto é, já na vigência do novo Fundeb.