Mesmo desmoralizado, Globo apresenta Moro como "competitivo" para as eleições de 2022

23/10/2021

Pesquisas dos mais variados institutos e enquetes populares, no entanto, apontam candidato da chamada "terceira via" como um derrotado por antecipação.

Após condenar e mandar prender Lula injustamente, Sérgio Moro ganhou vaga de ministro no governo de Jair Bolsonaro. O capitão, no entanto, o demitiu pouco tempo depois, insinuando que o ex-juiz pediu uma espécie de propina no cargo. Foto/reprodução.
Após condenar e mandar prender Lula injustamente, Sérgio Moro ganhou vaga de ministro no governo de Jair Bolsonaro. O capitão, no entanto, o demitiu pouco tempo depois, insinuando que o ex-juiz pediu uma espécie de propina no cargo. Foto/reprodução.

Política | Matéria no site do Globo deste sábado (23) apresenta Sérgio Moro como provável candidato para as eleições presidenciais de 2022. Jornalão dos Marinhos destaca que o ex-ministro de Jair Bolsonaro decidiu entrar no Podemos e é uma das opções "competitivas" da chamada "terceira via".

Derrotado

Pesquisas dos mais variados institutos e enquetes populares, no entanto, apontam ex-juiz como um derrotado por antecipação. Moro foi queimado pela vaza jato e desmoralizado até por Jair Bolsonaro, que o demitiu do Ministério da Justiça com insinuação de que o paladino fajuto da moralidade queria uma espécie de propina para se manter no governo.

Pesquisa popular

Após o anúncio, vote na enquete e diga quem, em sua opinião, ganha as eleições de 2022.

VOTE NA ENQUETE:

Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. Aproveite para deixar uma pequena doação ao nosso site.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

PIX - Celular 86988453625 João R P Landim Nt

Siga-nos!

Mais recentes sobre política...

Alta dos alimentos e combustíveis, desemprego, fila do osso, classe média enfezada porque não pode mais ir à Disney, reformas anti povo, resultados horrendos da pandemia, corrupção desenfreada... Este é o coquetel de veneno criado pelo capitão que pode levá-lo não à reeleição, e sim à cadeia após 2022. Mourão deve ir junto.