Nova investigação já tem fortes indícios de que "facada" não passou de um autoatentado

01/09/2021

Documentário investigativo será lançado dia 6 deste mês pela TV 247. Trabalho é dirigido pelo experiente jornalista Joaquim de Carvalho, que já atuou como subeditor da revista Veja e repórter no Jornal Nacional, das organizações Globo.

Publicidade

Jornalista Joaquim de Carvalho e a "facada" que ajudou Jair Bolsonaro a se eleger. Carvalho já ganhos vários prêmios jornalísticos e atuou como subeditor da Veja e como repórter no Jornal Nacional. Atualmente, trabalha nos portais Diário do Centro do Mundo (DCM) e Brasil 247. Foto/Reprodução.
Jornalista Joaquim de Carvalho e a "facada" que ajudou Jair Bolsonaro a se eleger. Carvalho já ganhos vários prêmios jornalísticos e atuou como subeditor da Veja e como repórter no Jornal Nacional. Atualmente, trabalha nos portais Diário do Centro do Mundo (DCM) e Brasil 247. Foto/Reprodução.

Política | Investigação dirigida pelo experiente jornalista Joaquim de Carvalho pode elucidar o evento da "facada" que ajudou Jair Bolsonaro a se tornar presidente da república em 2018. 

Documentário sobre isso será lançado dia 12 deste mês (domingo) pela TV 247

Joaquim de Carvalho já adiantou alguns fortes indícios que levam a crer que tudo não passou de um autoatentado orquestrado pelos bolsonaristas. Uma história "ainda não contada", diz o repórter. Veja detalhes e vídeo após o anúncio.

"Tese do autoatentado é a mais plausível"

Após as investigações que fez até aqui, Joaquim de Carvalho concluiu que a tese do autoatentado é a mais plausível, embora tenha sido desprezada pelas autoridades policiais que investigaram o caso a partir de 2018. Por quê?

O jornalista diz que Jair Bolsonaro deve sair da condição de vítima para a de suspeito nesse processo. Ou seja, Bolsonaro e os bolsonaristas podem ter armado toda uma farsa para o capitão se eleger presidente.

Joaquim de Carvalho adianta uma série de importantes fatos que corroboram a tese do autoatentado. Um deles é a análise de 1.500 imagens que mostram Adélio Bispo — suposto autor da "facada" — numa relação de intimidade com os seguranças que deveriam proteger Bolsonaro no dia do evento em Juiz de Fora. Por quê?

 E há outros elementos igualmente consistentes, que você poderá ver em relato do próprio jornalista no vídeo após o anúncio.

O trecho onde o jornalista fala do autoatentado e de mais fatos de sua importante investigação começa em 1h40min9s.

Compartilhe e curta abaixo nossa página no Facebook, para receber atualizações sobre este tema.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

PIX - Celular 86988453625 João R P Landim Nt

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes sobre política...

Jair Bolsonaro sabe que as urnas são seguras e que as pesquisas refletem vitória de Lula no primeiro turno, tal também como acertaram em relação ao próprio atual presidente em 2018. Por isso, só resta ao capitão berrar, para tentar tumultuar o dia do pleito e ganhar no grito. Coisa de baderneiro desesperado", diz o cientista político, que faz...