Dois detalhes em vídeo provam que "facada" em Bolsonaro foi um grande teatro! Veja e compartilhe...

14/01/2019 09:04

Imagem: You Tube
Imagem: You Tube

Antes de acertar Bolsonaro, Adélio fez várias tentativas antes, sob o olhar complacente dos seguranças, que viam inclusive a faca. Se não estivesse tudo combinado, o agressor teria sido imobilizado ou até mesmo morto em fração de segundos

Bolsonaro | Um vídeo postado em 11 de janeiro no You Tube pelo canal True Or Not traz no mínimo dois detalhes que não deixam margens para dúvidas: nunca houve facada real em Jair Bolsonaro e sim um grande teatro. Ver exatos momentos no vídeo ao final da matéria.

Detalhes

Primeiro (Início: 8min24s - Final: 9min)

  • Considerando o tipo de faca, a posição da mão do agressor e a velocidade do golpe, como seria possível para Adélio esticar o braço sobre os seguranças e cravar 15cm de lâmina no abdômen do capitão no intervalo de apenas um segundo? Só em filmes de ação isto poderia acontecer, porque na ficção a lógica é algo que pode ser descartada.

Segundo (início: 10min14s - Final: 11min34s)

  • Sob o olhar complacente de vários seguranças, Adélio faz primeiras tentativas de acertar o capitão. Os homens de aço que cercavam Bolsonaro viam tranquila e claramente o "agressor" e sua faca e nada faziam. Ora, seguranças são treinados para sentir o cheiro de gente e de objetos suspeitos. Se tudo não estivesse combinado, Adélio teria sido imobilizado ou até mesmo morto em fração de segundos. Como se vê nas imagens, o "esfaqueador" recebeu foi uma espécie de proteção até que conseguisse desferir, com incrível facilidade, o seu golpe ensaiado. Após o anúncio, mais detalhes.

Outros detalhes

Além dos dois detalhes que destacamos, o vídeo mostra ainda outros que não deixam também margens quanto ao grande teatro que ocorreu. Um deles é um lenço que passa de mão em mão até chegar aos seguranças, que o utilizam para amenizar a "dor da facada". Noutros dois trechos, frases estranhas são ecoadas minutos antes do "ataque". E há ainda um rapaz de azul que tentou conter Adélio e foi desestimulado por seguranças e um homem com jaqueta camuflada. Mas assista após o anúncio e tire suas próprias conclusões.

Leia também: