Após pressão, deputados recuam de acabar ganho real no piso do magistério

30/07/2020

Educadores, no entanto, precisam ficar em estado de alerta. A qualquer momento a Câmara pode votar a medida, inclusive na calada da noite.

COMPARTILHE!

Publicidade

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Educação | Após pressão dos profissionais do magistério pelas redes sociais, a Câmara dos Deputados recuou e não acabou o ganho real no piso do magistério. Proposta neste sentido estava agendada para ontem (29), mas não foi analisada e nem está nas agendas de hoje (30) e amanhã (31). Continua, após anúncio.

Alerta

Trabalhadores em educação devem ficar em estado de alerta. A qualquer momento a Câmara pode votar o rebaixamento do piso, inclusive na calada da noite. Após o anúncio, veja tabela explicativa sobre o projeto

Trocar custo-aluno pela inflação significa ganho real ZERO

A tabela abaixo mostra o crescimento do piso pelo custo-aluno, como é hoje, e pela inflação, como propõe o Projeto de Lei 3.776/2008 e querem Rodrigo Maia e muitos deputados. O PL quer reduzir a ZERO o ganho real dos educadores.

Curta abaixo nossa página e receba atualizações sobre esse tema.

COMPARTILHE!

Faça uma pequena doação de qualquer valor, para ajudar a cobrir os custos de manutenção do site. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...

Deixe de aterrorizar os brasileiros com suas ameaças. Aceite que a maioria do povo não o quer mais. Vá rezar, se benzer, tomar um banho de sal grosso no lombo. Peça perdão por seus crimes cometidos na presidência. O Brasil quer é Lula de novo", diz um dos trechos enviado pela docente.
Jair Bolsonaro sabe que as urnas são seguras e que as pesquisas refletem vitória de Lula no primeiro turno, tal também como acertaram em relação ao próprio atual presidente em 2018. Por isso, só resta ao capitão berrar, para tentar tumultuar o dia do pleito e ganhar no grito. Coisa de baderneiro desesperado", diz o cientista político, que faz...