Crescem as suspeitas de que "facada" foi uma farsa; juiz e policial falam sobre a questão

17/09/2021

Debate sobre o suposto crime ocorrido em 2018 voltou a bombar nas redes sociais após documentário investigativo sobre o tema ser exibido pela TV 247.

Publicidade

Jornalista investigativo Joaquim de Carvalho diz haver indícios de que Carlos Bolsonaro teria comandado um 'autoatentado' contra o pai, com o objetivo de levar o capitão à vitória em 2018. Foto/reprodução.
Jornalista investigativo Joaquim de Carvalho diz haver indícios de que Carlos Bolsonaro teria comandado um 'autoatentado' contra o pai, com o objetivo de levar o capitão à vitória em 2018. Foto/reprodução.

Política | Crescem as suspeitas de que a "facada" em Jair Bolsonaro foi uma farsa. Desconfiança em relação ao suposto crime aumentou após a TV 247 exibir um documentário sobre o tema dirigido pelo experiente jornalista investigativo Joaquim de Carvalho. Ver ao final da matéria.

Juiz opina

Segundo o que publicou o juiz Luis Carlos Valois no Twitter, "o maior indício contra a história da facada ainda é o fato de o "mito" estar rodeado de milhares de simpatizantes que o idolatram, e às armas, e à solução de conflitos via violência, e o suposto autor do crime ter saído ileso sem nenhum arranhão!" 

Valois, de acordo também com seu perfil nessa rede social, estuda direito criminal e direito criminoso. Autor de 'O direito penal da guerra às drogas'! Me, Dr USP, Pós-doc Alemanha. Faixa-preta BJJ Carlson Gracie. AM.

Policial civil diz que história está mal contada

Policial civil também opina e diz que história está mal contada. Ver após anúncio, com o tuíte do juiz.

História mal contada

Um policial civil consultado pelo Dever de Classe também opinou sobre o caso e diz que a história da faca está muito mal contada. O agente pediu anonimato, por receio de retaliações entre seus próprios colegas de trabalho. Diz ele:

"Dificilmente um homem do porte físico de Adélio, sem nenhuma forma militar ou de segurança, conseguiria furar o forte bloqueio de dezenas de seguranças de Jair Bolsonaro sem ser notado como alguém suspeito. Imagens do documentário indicam que ele estava sob a proteção dos próprios seguranças do então candidato a presidente em 2018. Se for reaberto de forma rigorosa o caso, o mais provável é que se comprove que tudo não passou de uma farsa.

Tuíte do juiz Valois

 Após o anúncio, veja o documentário da "facada".

Compartilhe e curta abaixo nossa página no Facebook, para receber atualizações sobre este tema.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

PIX - Celular 86988453625 João R P Landim Nt

Mais recentes sobre política...

Alta dos alimentos e combustíveis, desemprego, fila do osso, classe média enfezada porque não pode mais ir à Disney, reformas anti povo, resultados horrendos da pandemia, corrupção desenfreada... Este é o coquetel de veneno criado pelo capitão que pode levá-lo não à reeleição, e sim à cadeia após 2022. Mourão deve ir junto.