Câmara mantém votação que reduz a ZERO ganho real no reajuste do piso nacional dos professores

29/07/2020 09:47

Profissionais do magistério não podem aceitar que se reduza correções do piso quando recursos do Fundeb fizeram foi crescer.

COMPARTILHE!

Publicidade

Rodrigo Maia mantém votação que prejudica os professores. Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados.
Rodrigo Maia mantém votação que prejudica os professores. Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados.

Educação | Segundo a agenda de hoje (29) da Câmara dos Deputados, está mantida a votação de requerimento relativo ao Projeto de Lei nº 3.776/2008, que reduz a ZERO o ganho real nos reajustes do Piso Nacional dos professores. Sai a correção pelo custo aluno e entra a atualização apenas pela inflação anual.

Medida é injusta e contraditória, uma vez que a própria Câmara aprovou recentemente o novo Fundeb, com acréscimo de 13% nos recursos para estados e municípios. Educadores não podem aceitar o retrocesso. Após o anúncio, veja na prática e com números o que irá ocorrer se tal PL for aprovado.

Redução a ZERO

A tabela abaixo mostra o crescimento do piso pelo custo-aluno e pela inflação, como propõe o Projeto de Lei e querem Rodrigo Maia e muitos deputados. O PL quer reduzir a ZERO o ganho real dos educadores.

Continua, após o anúncio.

Profissionais do magistério devem denunciar esse projeto. O Dever de Classe acompanhará a votação e publicará os resultados. Curta abaixo nossa página e receba atualizações.

COMPARTILHE!

Faça uma pequena doação de qualquer valor, para ajudar a cobrir os custos de manutenção do site. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...