Urgente | Jornalista anuncia 'grande jogada' para anular em breve a condenação de Lula! Saiba mais e compartilhe...

29/04/2018 10:37

Eliane Cantanhêde, jornalista da Globo News e do Estadão
Eliane Cantanhêde, jornalista da Globo News e do Estadão

"Grande jogada [no STF]: tirar os trechos da delação da Odebrecht, depois o sítio e o Instituto Lula e, por fim, requerer a nulidade da própria condenação [de Lula] a 12 anos e 1 mês pelo triplex do Guarujá" (Eliane Cantanhêde, no Estadão).

DA REDAÇÃO | A colunista Eliane Cantanhêde publicou hoje (29) matéria no Estadão onde fala de uma 'grande jogada' para anular em breve a condenação de Lula a partir da movimentação de ministros do STF que retiraram do juiz Sérgio Moro os trechos das delações premiadas da Odebrecht que citam o petista. 

Como Cantanhêde é uma das maiores defensoras da lava-jato e da prisão do ex-presidente, e sempre tem informações privilegiadas de bastidores, o que afirma, em tom de denúncia e desespero no Estadão, pode, de fato, ser um alento para os advogados de Lula. Após o anúncio, leia o que ela afirmou:

"Essa tentativa de retirar de Moro os inquéritos contra Lula deixa um rastro de dúvidas sobre a amplitude e as intenções da decisão da Segunda Turma [do STF] e até a suspeita de uma grande jogada: tirar os trechos da delação da Odebrecht, depois o sítio e o Instituto Lula e, por fim, requerer a nulidade da própria condenação a 12 anos e 1 mês pelo triplex do Guarujá." (Grifos nossos).

Ou seja, Cantanhêde canta a pedra sobre o que de fato pode acontecer a partir de decisão de ministros do Supremo Tribunal Federal. (Continua, após o anúncio).

Evidentemente que a liberdade de Lula não depende apenas de ações no STF. É preciso apostar, acima de tudo, nas manifestações de rua em defesa do petista. 

Na verdade, a movimentação no STF que pode favorecer o ex-presidente e apavora a Cantanhêde e o Estadão são consequências das mobilizações já existentes para tirar Lula da cadeia. Se esticar ainda mais a corda, Lula sai.

LEIA TAMBÉM: