"Só acreditei depois que peguei o vírus e vi a morte de perto", diz professora

24/06/2020

COMPARTILHE!

A educadora afirma também que no começo achou que tudo era uma briga política para desgastar o presidente Bolsonaro.

Publicidade

Imagem: aplicativo Canva
Imagem: aplicativo Canva

Uma professora de Curitiba nos enviou e-mail onde narra que viu a morte de perto ao pegar coronavírus. Ela conta que no começo não acreditava na doença e achava que tudo não passava de uma briga política para desgastar o presidente Bolsonaro. Continua, após o anúncio.

Trechos do relato da educadora

"Foi uma dor terrível, só quem adoeceu é que sabe o sofrimento. Infelizmente, no começo achei que tudo não passava de uma briga política para desgastar o presidente Bolsonaro. Ele próprio me induziu a isso. Mas descobri a verdade do coronavírus da pior maneira possível. Não é gripezinha. Vi a morte de perto. Todo mundo deve se cuidar." 

A educadora pediu para não ser identificada.

COMPARTILHE!

Faça uma pequena doação de qualquer valor, para ajudar a cobrir os custos de manutenção do site. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...

Deixe de aterrorizar os brasileiros com suas ameaças. Aceite que a maioria do povo não o quer mais. Vá rezar, se benzer, tomar um banho de sal grosso no lombo. Peça perdão por seus crimes cometidos na presidência. O Brasil quer é Lula de novo", diz um dos trechos enviado pela docente.
Jair Bolsonaro sabe que as urnas são seguras e que as pesquisas refletem vitória de Lula no primeiro turno, tal também como acertaram em relação ao próprio atual presidente em 2018. Por isso, só resta ao capitão berrar, para tentar tumultuar o dia do pleito e ganhar no grito. Coisa de baderneiro desesperado", diz o cientista político, que faz...
No final, o monstro assassino é derrotado, morre... Mas volta para dar mais um susto na plateia.