"É triste que alguns colegas ainda acreditem em Bolsonaro", diz professora

14/11/2021

"Esse presidente é o que de pior aconteceu no Brasil, responsável direto inclusive pela morte de vários educadores. Acorde, minha gente! Já passou da hora de pôr esse traste genocida pra fora!"

Bolsonaro adora fazer chacota do gado que o segue. Ilustração: Dever de Classe
Bolsonaro adora fazer chacota do gado que o segue. Ilustração: Dever de Classe

Educação | Em e-mail enviado ao Dever de Classe, a professora paranaense Amanda Costa diz: "É triste que alguns colegas ainda acreditem em Bolsonaro". A docente pondera que o capitão é inclusive responsável direto pela morte de muitos educadores durante a pandemia, e afirma também que já passou da hora de pôr para fora o genocida. Ver desabafo completo, após o anúncio.

O desabafo da professora

É triste que alguns colegas do magistério ainda acreditem em Bolsonaro. Ele é um mentiroso compulsivo, calhorda, escroque. Não vale o que o gato enterra.

Esse presidente é o que de pior aconteceu no Brasil, responsável direto inclusive pela morte de vários educadores durante o pico da pandemia de Covid-19. E agora, achando pouco, quer roubar nosso dinheiro do Fundef. Continua, após o anúncio.

Bolsonaro na verdade é um grande corrupto. Esconde até dados do cartão corporativo que usa e abusa às custas de milhões de brasileiros que passam fome ou estão na fila do osso. 

Acordem, colegas professores e professoras! Bolsonaro só quer é fazer chacota de quem acredita nas mentiras dele! 

Já passou da hora de pôr esse traste genocida pra fora!


Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. E aproveite também para deixar uma pequena doação ao nosso site.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

Chave para Pix

E-mail: pix@deverdeclasse.org

João R P Landim Nt

Siga-nos!

Mais recentes sobre eduação

Nota Técnica da CNTE esclarece que rateio de sobras é algo já pacificado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), sendo necessário apenas que legislativos de estados e municípios digam através de leis próprias como a divisão de recursos previstos e não gastos deve ser feita. Professores membros de conselhos do Fundeb apontam o caminho a seguir para...