Monstro: Bolsonaro recorre de decisão da Justiça para realizar Enem em Manaus

14/01/2021 22:05

Pelo Twitter, deputada Gleisi Hoffmann (PT-RS) e deputado Ivan Valente (PSOL-SP) repudiaram a atitude genocida, cruel e criminosa do presidente. O povo está morrendo asfixiado.

Publicidade

Sem nenhum apreço pela vida alheia. Foto/Reprodução/Estadão.
Sem nenhum apreço pela vida alheia. Foto/Reprodução/Estadão.

Política | Enquanto o povo de Manaus está sem oxigênio e morre asfixiado por complicações da Covid-19, o presidente Bolsonaro recorre de decisão da Justiça para realizar o Enem na cidade nos dois próximos domigos, 17 e 24. Atitude está sendo repudiada em todo o Brasil e já repercute em outras partes do planeta. Pelo Twitter, a deputada Gleisi Hoffmann (PT-RS) e o deputado Ivan Valente (PSOL-SP) classificaram a medida de Bolsonaro como cruel, criminosa e genocida. Veja, após o anúncio.

Os tuítes de Ivan Valente Gleisi Hoffmann

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes...