"O pobre de direita é antes de tudo um doente e precisa se tratar", diz psicopedagoga

28/12/2020 18:09

Pesquisadora elenca cinco características desse ser que nos últimos anos desafia a Ciência, a Lógica, os fatos concretos e, na prática, não passa mesmo de um grande perturbado.

Publicidade

Foto/Reprodução.
Foto/Reprodução.

Saúde | O Brasil foi tomado nos últimos anos por uma legião de desclassificados que se autoproclamam de "direita" e demonizam os ideais socialistas. Duas características comuns a quase todos eles: não têm dinheiro e são totalmente ignorantes em relação ao que louvam e ao que vivem a satanizar. 

Para a psicopedagoga baiana Carla N Martins, consultada pelo Dever de Classe, não passam de doentes, em particular a fanatizada ala bolsonarista. E precisam se tratar. 

Após o anúncio, a pesquisadora fala conosco e elenca cinco características desse ser inusual que espalha intolerância e sandices por todo o País.

Por que a senhora diz que o chamado "pobre de direita" é doente e precisa se tratar?

Vou elencar cinco características deles. Apenas cinco. Depois, todos podem tirar suas próprias conclusões.

01. Eles desafiam a Ciência e nem vacina contra um vírus mortal como o coronavírus querem tomar. E fazem isto a partir de quê? De nada concreto, de nada lógico. Apenas ouvem de maneira irrefletida e fanática um presidente espertalhão, o Bolsonaro, que nem banana a eles dá. Brincar com a morte é ou não é coisa de quem está perturbado psicologicamente?

02. Por se autoproclamarem de "direita", eles se dizem capitalistas, embora a maioria não tenha sequer onde cair morta. Ou seja, são capitalistas sem capital, falam sem saber na verdade o que são, isto é, explorados como qualquer trabalhador. Agora mesmo na pandemia, muitos sobreviveram por causa do auxílio de R$ 600,00 conquistado pela esquerda, pois o Paulo Guedes e o Bolsonaro só queriam dar R$ 200,00. Mas eles não conseguem enxergar isso, pois estão doentes. Continua, após o anúncio.

03. Enquanto negam a Ciência, a Lógica e os fatos concretos da realidade, eles espalham todo tipo de fake news que recebem nas redes sociais contra a esquerda e os setores democráticos da sociedade. E com um detalhe: a maioria não o faz por maldade e sim porque perdeu a capacidade de distinguir o falso do verdadeiro. Foi por isso que em 2018 acreditaram em mamadeira de piroca e kit gay. Estão doentes.

04. O pobre de direita é capaz de infartar quando ouve as palavras Socialismo, Comunismo e Esquerda. Mas peça a eles para produzir sequer um parágrafo com coerência sobre o assunto que eles não são capazes de fazer. Uma pessoa sã não odeia aquilo que não conhece. Continua, após o anúncio.

05. Por fim, eles se arvoram de serem "honestos" e "pessoas de bem", e criminalizam tudo que vem da esquerda, em particular do PT. Mas no dia-a-dia cometem todo tipo de ilícitos, muitas vezes até contra amigos e familiares. Em síntese: o pobre de direita vive num mundo particular, delirante, doente. Precisa se tratar.

Faça uma pequena doação de qualquer valor, para ajudar a cobrir os custos de manutenção do site. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...