Juízes receberam salários acima de R$ 200 mil em apenas um mês! E o piso dos professores, como fica?

13/07/2020 12:30

Segundo matéria da Folha, farra com dinheiro público beneficiou mais de 8 mil juízes. Enquanto isso, magistério luta para receber reajuste de 12,84% deste ano.

COMPARTILHE!

Publicidade

Imagem ilustrativa: arquivos Webnode.
Imagem ilustrativa: arquivos Webnode.

Justiça | Segundo matéria da Folha de S.Paulo (12), "vencimentos acima de R$ 200 mil foram pagos 565 vezes a 507 juízes" em apenas um mês. A Folha diz também que "o Judiciário brasileiro pagou remuneração mensal acima de R$ 100 mil a 8.226 juízes ao menos uma vez entre setembro de 2017 e abril deste ano." O teto constitucional do setor público é de R$ 39,3 mil por mês."

Enquanto juízes nadam em dinheiro público, a ampla maioria dos professores da Educação Básica de estados e municípios luta para que prefeitos e governadores cumpram o reajuste de 12,84% do piso nacional do magistério, que este ano ficou estipulado em R$ 2.886,24. Nossa, "está bem pertinho" do piso dos juízes. Continua, após o anúncio.

"Explicação"

Diz ainda a Folha que:

"Os super-salários [dos juízes] têm uma explicação. Apesar de a Constituição prever um salário máximo, a concessão de auxílios, verbas indenizatórias e vantagens eventuais, como 13º salário e acúmulo de funções, elevam a remuneração de juízes."

"Em alguns casos, os benefícios são criados pelo próprio tribunal ou por Assembleias Legislativas." 

E quanto ao reajuste do piso dos professores, por que ninguém nunca explica por que não é pago?

COMPARTILHE!

Faça uma pequena doação de qualquer valor, para ajudar a cobrir os custos de manutenção do site. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...