COAF: O envolvido é Flávio Bolsonaro e não o motorista, diz ministro do STF! E agora? Leia e compartilhe...

18/01/2019 05:50

Complicações que envolvem Flávio Bolsonaro podem chegar ao presidente / Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
Complicações que envolvem Flávio Bolsonaro podem chegar ao presidente / Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Bolsonaro também certamente deverá ser investigado, dizem ministros do Supremo

Política | Segundo matéria de hoje (18) da Folha de S.Paulo, Flávio Bolsonaro se complicou de vez ao pedir ao Supremo Tribunal Federal que suspendesse a investigação criminal contra seu ex-assessor e motorista Fabrício Queiroz, autor de movimentações financeiras milionárias incompatíveis com os seus rendimentos. Para um ministro do STF, atitude de Flávio é uma confissão de culpa e demonstra que o envolvido é ele, e não o motorista, como a família Bolsonaro quer fazer o povo brasileiro acreditar. E agora, o culpado será punido?

Diz a Folha:

"Segundo o magistrado, o caso ficou ainda mais grave e a atitude é uma confissão de que o envolvido é o senador eleito e não o motorista." 

[Bolsonaro investigado]

"Outros ministros da corte acreditam ainda que, se a questão for aberta no STF, o presidente Jair Bolsonaro também será investigado, já que existem movimentações financeiras ligadas à primeira-dama Michelle."

"O inquérito suspenso temporariamente foi instaurado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. São investigadas movimentações financeiras feitas por Queiroz consideradas "atípicas" pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf)."

Leia também: