CNTE defende reajuste e denuncia crimes da CNM

01/02/2022

Entidade representativa de prefeitos e seu destemperado presidente — Paulo Ziulkoski — terão que prestar esclarecimentos ao Ministério Público sobre constantes ataques criminosos feitos contra os profissionais do magistério.

Paulo Ziulkoski — presidente da CNM — é hoje um dos principais inimigos dos professores no Brasil. Foto/reprodução.
Paulo Ziulkoski — presidente da CNM — é hoje um dos principais inimigos dos professores no Brasil. Foto/reprodução.

Educação | A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) lançou ontem (31) Nota Pública em seu portal onde defende firmemente o reajuste de 33,23% para o magistério e rebate — de forma dura — as ações criminosas da CNM contra os professores, em particular nota desta entidade que manda prefeitos descumprir correção salarial do magistério

Texto desmonta, uma por uma, todas as fake news da entidade representativa de prefeitos e de seu radical, inconsequente e irresponsável presidente — senhor Paulo Ziulkoski

CNTE avisa que acionará o Ministério Público para coibir os crimes que tais agentes vêm cometendo contra os profissionais da Educação. Leia íntegra AQUI.

Leia também: 

VOTE NA ENQUETE

Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. E aproveite também para deixar uma pequena doação ao nosso site.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

Chave para Pix

E-mail: pix@deverdeclasse.org - João R P Landim Nt 

Siga-nos!

Mais recentes sobre educação

Deixe de aterrorizar os brasileiros com suas ameaças. Aceite que a maioria do povo não o quer mais. Vá rezar, se benzer, tomar um banho de sal grosso no lombo. Peça perdão por seus crimes cometidos na presidência. O Brasil quer é Lula de novo", diz um dos trechos enviado pela docente.
Jair Bolsonaro sabe que as urnas são seguras e que as pesquisas refletem vitória de Lula no primeiro turno, tal também como acertaram em relação ao próprio atual presidente em 2018. Por isso, só resta ao capitão berrar, para tentar tumultuar o dia do pleito e ganhar no grito. Coisa de baderneiro desesperado", diz o cientista político, que faz...