Governo Bolsonaro emperra processo que garante dinheiro do novo Fundeb para estados e municípios

31/08/2021 14:37

Prazo para que o governo defina os critérios de distribuição dos recursos para 2022 está prestes a se esgotar. Com isso, tudo pode ficar ainda mais difícil para as escolas públicas e os profissionais do magistério, cuja previsão de reajuste do piso nacional da categoria para o próximo ano é de 12,5%.

Publicidade

Foto: Agência Brasil.
Foto: Agência Brasil.

Educação | Matéria da Agência Câmara de Notícias (30) diz que dirigentes municipais e estaduais de educação estão muito preocupados com o atraso na definição dos critérios para repassar os valores do novo Fundeb para estados e municípios a partir de 2022. 

O tema foi debatido pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados ontem, segunda-feira (30), e o prazo para que o governo Bolsonaro se manifeste termina em outubro próximo.

Indefinição do governo pode deixar tudo ainda mais difícil para as escolas públicas e os profissionais do magistério, cuja previsão de reajuste do piso nacional da categoria para o próximo ano é de 12,5%. Educação Infantil deve ser a mais prejudicada. Continua, após o anúncio.

Pressão

Trabalhadores em educação e sociedade em geral devem pressionar o governo Bolsonaro para que apresente logo a tabela e os critérios de distribuição do dinheiro  do novo Fundeb aos estados e municípios para o próximo ano.

Ainda de acordo com a Agência Câmara de Notícias, o representante da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) — Aléssio Lima — teme que isso não ocorra: 

"Não se sabe se o Ministério [da Educação] apresentará até 31 de outubro [a tabela], temos apenas dois meses pela frente, por isso eu acredito que dificilmente teremos tempo de apresentar proposta com qualidade, com tempo de ser debatida, construída e votada para vigência em 2022".

Compartilhe e curta abaixo nossa página no Facebook, para receber atualizações sobre este tema.

Faça uma pequena doação de um valor qualquer para que possamos continuar a manter este site aberto. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Doar com PagSeguro

Curta nossa página e receba atualizações sobre este tema!

Mais recentes sobre educação...