Bolsonaro corta quase 100% dos recursos da Educação Infantil

15/09/2022

Ao todo, percentual de corte chega a 96% para 2023, o que é um enorme prejuízo para as crianças e profissionais que atuam na área. Educação de Jovens e Adultos (EJA) também foi tesourada em 56% de suas verbas. Um massacre em toda a Educação Básica

Educação | Segundo matéria (14) da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) enviado pelo presidente Jair Bolsonaro ao Congresso Nacional em 31 de agosto atinge negativamente em cheio a Educação Básica Pública do País. Corte de verbas da Educação Infantil chega a quase 100%, o que prejudicará bastante as crianças e os profissionais que atuam no setor, em particular os docentes. Na verdade, em 2023, toda a Educação Básica será prejudicada, caso esse Ploa não seja revisto.

Ataques ao setor da educação pública são recorrentes no governo Bolsonaro. Foto/reprodução.
Ataques ao setor da educação pública são recorrentes no governo Bolsonaro. Foto/reprodução.

Continua, após o anúncio.

Leia também:

Os números

  • Educação Infantil tem projeção de R$5 bilhões para o ano que vem — uma redução de 96% comparado ao ano de 2021.
  • Em seguida, vem a Educação de Jovens e Adultos (EJA), que tem previsão de R$16,8 bilhões para 2023 — um corte brusco de 56% em relação a 2021.
  • Além disso, o governo propôs para 2023 um corte de R$ 1,096 bilhão no programa "Educação básica de qualidade" em comparação com 2022.

É preciso eleger Lula no primeiro turno para modificar totalmente esse orçamento e impedir tais cortes.


Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. E aproveite também para deixar uma pequena doação ao nosso site.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

Chave para Pix

E-mail: pix@deverdeclasse.org - João R P Landim Nt 

Siga-nos!

Mais recentes sobre educação

Deixe de aterrorizar os brasileiros com suas ameaças. Aceite que a maioria do povo não o quer mais. Vá rezar, se benzer, tomar um banho de sal grosso no lombo. Peça perdão por seus crimes cometidos na presidência. O Brasil quer é Lula de novo", diz um dos trechos enviado pela docente.