Desagregador | No Estadão, além de Lula, Ciro atacou até Flávio Dino! Acesse... 

17/09/2019
Se não for internado ou mudar de postura, Ciro vai implodir a esquerda.
Se não for internado ou mudar de postura, Ciro vai implodir a esquerda.

Ciro | Na entrevista que deu ao Estadão (17), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE), além de atacar Lula, Gleisi e o PT, foi deselegante até com Flávio Dino (PCdoB-MA), a quem chamou de "iludido". Isto expressa a prepotência e arrogância do velho coronel do Ceará, que se acha intelectualmente mais esperto do que todo mundo. É um desagregador do campo da esquerda, isto sim.

Flávio Dino estaria sendo "iludido" pelo PT

Diz Ciro no Estadão:

"O Datafolha publica uma pesquisa em que há uma violenta deterioração da popularidade do Bolsonaro, e o Bolsonaro faz um discurso dizendo, 'tá bom, errei em alguma coisa', mas se vocês falarem mal de mim, o PT vai voltar. No mesmo dia, a (presidente do PT) Gleisi Hoffmann, que interpreta esse PT corrupto e incompetente, que é uma pau mandado do Lula, sem nenhum tipo de atitude crítica, simplesmente o partido mais importante do País é dirigido por essa mulher. Ela diz o quê? Que vai ser nós contra o Bolsonaro. Enquanto isso alguém ilude o Flávio Dino."

Quem estaria iludindo o governador do Maranhão? Dino já é conhecido como um dos políticos de esquerda mais hábeis e preparados do país. Como estaria se deixando enganar assim por quem quer que seja? Só mesmo na mente doentia do Ciro Gomes isto é real.

Mais recentes do site:

Magistério de estados e municípios deve pressionar gestores sobre recursos, pois aprovação de lei sobre como proceder ao rateio encerra dia 31 deste mês, vez que dinheiro que sobrar deve ser devolvido em forma de abono ao magistério ainda neste ano. Vereadores e deputados estaduais devem ser acionados o quanto antes. O recesso parlamentar se...
Sobras de recursos devem ser pagas em forma de abono até o dia 31 deste mês. Devido ao aumento do percentual mínimo que deve ser gasto durante o ano com o magistério e ausência de reajuste salarial, estados, DF e municípios devem devolver dinheiro não utilizado aos educadores. Preencha os campos e veja o resultado em seguida.
Quem tem carga horária menor receberá menos, R$ 12.400. Benefícios desse tipo estão sendo anunciados e pagos em todo o Brasil e são obrigatórios, caso um prefeito ou governador não tenha gasto neste ano o percentual mínimo de 70% do Fundeb com a folha do magistério. Educadores de todas as localidades têm de cobrar do Conselho desse fundo e...
Prefeitos e governadores, principalmente os primeiros, anunciam ações radicalizadas neste mês de dezembro para tentar derrubar o reajuste de 31,3% previsto para o magistério. Em sentido contrário, isto é, em defesa desse aumento, categoria deve também partir para a ação.