Urgente | Contrariando acordo, situação jurídica de Lula se complicou muito, diz Globo! Saiba mais e compartilhe...

08/04/2018 11:26

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Segundo Merval Pereira, um dos principais articulistas do jornal O Globo, a situação jurídica de Lula se complicou muito e o petista pode ser punido mais ainda nas próximas horas e receber prisão preventiva de novas condenações, daquelas que, como se sabe, a pessoa não sai nunca mais da cadeia. E cadê o acordo anunciado por dirigentes petistas de que se Lula se entregasse pacificamente não sofreria retaliações? O que houve?

DA REDAÇÃO | O colunista Merval Pereira, um dos principais articulistas do jornal O Globo e um dos mais afinados com a lava-jato, diz em sua coluna de hoje (8) que:

"O certo é que sua [de Lula} situação jurídica se complicou muito, e se não for punido agora mesmo, é quase certo que nas próximas condenações, se acontecerem, sua prisão preventiva pode ser decretada devido à resistência que ele já demonstrou ser capaz de mobilizar. Isso na hipótese de que esteja solto, por obra de um novo habeas corpus, ou em prisão domiciliar, ou em conseqüência de eventual mudança da jurisprudência sobre a prisão em segunda instância. Mas vai ser proibido de fazer campanha. Depois de preso, acabou, define uma autoridade envolvida na operação de prisão do ex-presidente." (Grifos nossos).


E o acordo para que Lula se entregasse sem sofrer retaliações?

Tal matéria do golpista Merval Pereira contrasta com o que foi noticiado por dirigentes do PT sobre o acordo que teriam feito com a PF e justiça para que Lula aceitasse pacificamente a prisão. A promessa seria que Lula não sofreria retaliações. Então, por que a ameaça de que Lula pode ser punido mais ainda agora mesmo? Já não basta a prisão atual? E por que já anunciam também mais condenações com prisão preventiva, daquelas que, como se sabe, a pessoa não sai nunca mais da cadeia? (Continua após o anúncio).

Foi um erro acreditar nos golpistas e entregar Lula aos seus algozes

As novas ameaças que agora são feitas a Lula é só uma pequena amostra de que foi um erro entregar Lula espontaneamente ao Moro e aos demais justiceiros do País. A prisão do petista é ilegal, como o mundo todo ora denuncia. O correto era manter a resistência, como de forma clara era o desejo da militância do próprio PT que foi a São Bernardo fazer a segurança do maior líder popular do Brasil.

LEIA TAMBÉM:

DA REDAÇÃO | O deputado Jair Bolsonaro (PSL-Rio) é só um laranja do PSDB, embora tenha conquistado uma legião de seguidores que tem forte antipatia pelos tucanos. Por que os fãs do "mito" não percebem que estão sendo enganados? Porque se guiam muito pela emoção e não por qualquer ínfimo sentido de racionalidade.