Bons sinais para 2022; mas nada cairá do céu

31/12/2021
Ano de 2022 será regido por Mercúrio e exigirá reflexão e ação por parte de todos, em particular do magistério. Imagem: aplicativo Canva.
Ano de 2022 será regido por Mercúrio e exigirá reflexão e ação por parte de todos, em particular do magistério. Imagem: aplicativo Canva.

Régia M Flôres, docente aposentada

+ artigos desta autora

Educação | O ano de 2022 será regido pelo planeta Mercúrio, o que remete a reflexão e, por conseguinte, ação. Os sinais são bons para se superar adversidades. Mas é preciso não esquecer que nada cairá do céu. É preciso lutar.

Quero aqui me dirigir mais diretamente ao pessoal do magistério, em particular professores e professoras. Tenho sentido um ar de pessimismo e desmotivação no seio da categoria. E não sem razão. Baixos salários na ampla maioria dos lugares, e condições de trabalho igualmente precárias.

Não podemos deixar, contudo, que energias negativas tomem conta de nossas existências. Problemas existem para serem enfrentados. E 2022 promete em relação a isso. Continua, após o anúncio.

Como explica a astróloga e alquimista Vivian Frida Lustig, em 2022 "seremos 'acordados' fortemente para usarmos tanto o nosso potencial da comunicação e intelecto (Mercúrio de Gêmeos) como o de organização interna das nossas emoções, saúde e trabalho (Mercúrio de Virgem)."

Ou seja, estaremos não só mais reflexivos. Estaremos também mais aptos para reagir de forma mais organizada ao que der e vier. E isto é algo muito positivo, não é pouca coisa.

Deixemos então o pessimismo de lado. E que a regência de Mercúrio nos anime para a vida. Que venha o novo ano!

Um forte abraço a todos e todas.



Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. Aproveite para deixar uma pequena doação ao nosso site.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

PIX - Celular 86988453625 João R P Landim Nt

Siga-nos!

Mais recentes sobre educação

No caso dos professores, o que vale é o que está na lei dos planos de cargos, salários e carreiras de estados, DF e municípios. Se a legislação diz que o descanso anual é de 45 dias ou até dois meses, o terço constitucional deve ser pago com base nesse tempo de férias. É o que podemos chamar de direito...