Repasses da União serão maiores que os 33,23% do magistério

19/03/2022

Complementações relativas ao VAAF e VAAT do Fundeb devem chegar, no mínimo, a 34,6%, ou seja, 1,37% a mais que o reajuste deste ano. Há, portanto, dinheiro para honrar de forma linear a correção salarial dos professores.

Números mostram que é possível pagar o reajuste dos educadores. Imagem: Webnode.
Números mostram que é possível pagar o reajuste dos educadores. Imagem: Webnode.

Educação | Passamos da segunda quinzena de março e muitos prefeitos e governadores continuam com a ladainha de que não têm dinheiro para cumprir o reajuste de 33,23% do magistério. Após o anúncio, mostramos números que provam o contrário.

Veja os números abaixo, extraídos de Nota Técnica da CNTE:

  • Percentual de reajuste deste ano: 33,23%
  • Previsão de aumento das complementações federais (VAAF e VAAT) do Fundeb para 2022: 34,6%, aproximadamente R$ 33 bilhões
  • Diferença para mais em relação ao reajuste do piso: 1,37%
  • Previsão de crescimento do Fundeb dos estados: sobe de R$ 207,7 bilhões em 2021 para R$ 225,8 bilhões em 2022

Mais...

Além disso, segundo também a CNTE:

  • há o excedente de 5% dos impostos que compõem a cesta do FUNDEB e outros 25% de tributos municipais que não integram o Fundo (IPTU, ISS, ITBI), mas que devem ser contabilizados para a educação e, consequentemente, para a remuneração do magistério e demais trabalhadores da educação.
  • os municípios receberam no final de 2021 a verba extra de 1% do FPM, que totalizou mais de 5,5 bilhões aos cofres das prefeituras, já descontado o repasse ao FUNDEB que é feito na fonte pela Secretaria do Tesouro Nacional. Dessa quantia depositada, 5% pertencem à educação. 

Continua, após o anúncio.

Recorrer ao MEC

Se mesmo com tantos recursos, prefeitos e governadores provarem que não podem pagar o reajuste de 33,23% na íntegra, é possível recorrer ao MEC para solicitar mais complementações. O artigo 4º da lei do piso (11.738/2008) dá essa garantia. Confira AQUI. Há, portanto, dinheiro para honrar de forma linear a correção salarial dos professores.


Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. E aproveite também para deixar uma pequena doação ao nosso site.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

Chave para Pix

E-mail: pix@deverdeclasse.org - João R P Landim Nt 

Siga-nos!

Mais recentes sobre educação

Deixe de aterrorizar os brasileiros com suas ameaças. Aceite que a maioria do povo não o quer mais. Vá rezar, se benzer, tomar um banho de sal grosso no lombo. Peça perdão por seus crimes cometidos na presidência. O Brasil quer é Lula de novo", diz um dos trechos enviado pela docente.