"Estou sem dormir. E o pior que acreditei no capitão", diz emocionada uma funcionária do Ministério do Trabalho! Leia e compartilhe...

10/11/2018

"É só um sonho ruim. Vou acordar e ver que tudo não existiu. Mas o pior é que nem dormir eu consigo mais. E têm pessoas sem coração que fazem piada da gente. Só porque acreditei no capitão. Esse pesadelo tem que acabar" 

Política | Matéria atualizada em 03/12/2018. O presidente eleito Jair Bolsonaro bateu o martelo e decidiu hoje (3) que o Ministério do Trabalho será mesmo extinto. Na verdade, o capitão voltou atrás do que havia prometido em novembro. 

Notícia caiu como uma bomba na cabeça dos funcionários da pasta. Muitos, juntos aos familiares, estão em estado de choque, conforme emocionado depoimento ao final da matéria. 

A revolta e o desapontamento é maior entre os que votaram no 'mito'. Estima-se que a maioria dos servidores da pasta tenha optado pelo ex-militar. 

Dentre os chorosos e chorosas umafuncionária que diz ter mais de 17 anos de casa. Ela, que prefere não se identificar, mostra-se preocupada com a promoção que receberia em 2019 e pede que parem de fazer chacota do seu problema apenas porque votou no capitão.


Leia também: 

Fechamento de ministério pode levar a depressão e até a suicídios, alerta psicólogo! Leia e compartilhe...

Em clima de pânico, eleitor de Bolsonaro (servidor do Ministério do Trabalho) pede que o presidente não feche o MT! 


Leia após o anúncio o que a funcionária falou:

"Quero acreditar que isto é apenas um sonho ruim e que logo vou acordar e ver que tudo não passou mesmo só de um pesadelo. É só um sonho ruim mesmo, então. Vou acordar e ver que tudo não existiu. Mas o pior é que nem dormir eu consigo mais. (lágrimas). Desculpe, tô há quase dois dias sem dormir. Desculpe. E o pior também é que eu acreditei no capitão. Eu tenho uma promoção para 2019 e agora não sei se ocorrerá. E tem gente que não respeita nosso problema e faz piada da gente. Sofro ainda mais com isso. É triste, pessoas sem Deus no coração. Parem com isso. Quero acordar desse pesadelo. (lágrimas). Desculpe".

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Leia mais:

Leia também:

Educadores repudiam descontos de salários e querem que o Sinte-Pi promova ação prática e urgente para que a governadora Regina Sousa (PT) reponha imediatamente o dinheiro cortado dos professores. Docentes exigem também que lotação original seja mantida.
"A lei do piso se transformará em mais uma norma sem sentido real". "Decisão se estenderá a todos os entes — estaduais e municipais." Ministro "Xandão" chegou a conclusão inusitada após embarcar em "informações e tese distorcidas prestadas pelo Estado do Pará". Avaliação consta em nota assinada pelo experiente advogado Walmir Brelaz, do Sintepp/Pa....