Educadores opinam sobre reajuste do magistério!

26/01/2020

COMPARTILHE!

Educação / Percentual de 12,84% é para ser pago já neste mês de janeiro.

Publicidade

Imagem: arquivos Webnode
Imagem: arquivos Webnode

O percentual de 12,84% do piso do magistério é para ser pago já nos contracheques deste mês de janeiro. Isto é o que reza a Lei Federal 11.738/2008:

Art. 5º. O piso salarial profissional nacional do magistério público da educação básica será atualizado, anualmente, no mês de janeiro, a partir do ano de 2009. 

Após o anúncio, vote na enquete e dê sua opinião sobre esse pagamento. 

Vote!

Perguntas mais frequentes

Quem tem direito?

De acordo com o § 2º do artigo 2º da lei federal 11.738, criada ainda no governo Lula (PT), o reajuste do piso deve ser pago a professores e aos demais de estados e municípios que desempenhem as atividades de suporte pedagógico à docência, isto é, direção ou administração, planejamento, inspeção, supervisão, orientação e coordenação educacionais.

Os aposentados e pensionistas estão incluídos?

Sim. O § 5º desse mesmo artigo 2º diz que o piso deve ser aplicado também a aposentados e pensionistas. Continua, após o anúncio.

E se o professor já ganhar mais que o valor mínimo previsto do piso para este ano, que é R$ 2.886,15?

O percentual de 12,84% deve ser aplicado de forma linear a todos. Não interessa quanto o educador já receba como salário-base ou remuneração.

Pode ser parcelado?

Lei do piso não prevê parcelamentos, ou seja, a priori o reajuste deve ser pago de forma integral logo a partir de janeiro de cada ano. No entanto, se houver acordo entre sindicatos e governos, isto poderá ocorrer.

COMPARTILHE!

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...

Benefício será depositado na conta de professores e todos os demais servidores da educação ainda neste mês de dezembro. Detalhe do anúncio mostra que não é só do Fundeb que há sobras de recursos, algo que deve ser observado pelo magistério de todo o Brasil.
Medidas visam adequar prefeitura de Teresina à Reforma da previdência criada pelo presidente Jair Bolsonaro, do qual o prefeito José Pessoa (MDB) é forte aliado. Direção do Sindserm-THE chama mobilização para Câmara Municipal, com o intuito de barrar as horrendas iniciativas.
Magistério de estados e municípios deve pressionar gestores sobre recursos, pois aprovação de lei sobre como proceder ao rateio encerra dia 31 deste mês, vez que dinheiro que sobrar deve ser devolvido em forma de abono ao magistério ainda neste ano. Vereadores e deputados estaduais devem ser acionados o quanto antes. O recesso parlamentar se...