Carta de Paulo Freire a Lula mostra bem a dimensão e a grandeza histórica dos dois

19/09/2021

Autor de clássicos sobre educação, Freire — cujo centenário é festejado em todo o mundo civilizado — via em Lula uma espécie de retrato e exemplos vivos dos temas que tratou em suas obras.

Publicidade

Paulo Freire e Lula, ou quando dois grandes se encontram. Foto/reprodução.
Paulo Freire e Lula, ou quando dois grandes se encontram. Foto/reprodução.

Educação | Em 2002, a esposa de Paulo FreireNita Freire — deu a Lula uma carta até então inédita. O texto, escrito por seu marido ao petista, é de 21 de dezembro de 1989, quatro dias após Fernando Collor de Melo ganhar do próprio Lula as eleições presidenciais de segundo turno daquele ano.

A mensagem é curta, concisa e profunda. Nela, como quem passeia em um segundo sobre todo um arsenal teórico, Paulo Freire projeta em Lula aquilo que ele próprio Freire produzira em vida como educador. 

E o faz de maneira animadora, sem chorumelas derrotistas pós eleitorais. A mensagem é de quem nunca perde a esperança e a vontade de lutar, algo bem à imagem e semelhança do próprio Lula.

Leia a carta, após anúncio.

São Paulo,
21 de dezembro de 1989 

Meu caro Lula,

Gostaria de fazer chegar a você meu abraço fraterno e, com ele, palavras de companheiro, carregadas de um muito obrigado pela força, pela coragem, pela dedicação com que você lutou pela democracia e pelos interesses maiores de nossa luta.

Valeu a pena viver o tempo que já vivi para ver um filho do povo enfrentando a mentira, o engodo, a farsa, engajado na reivindicação de nosso país, "sem medo de ser feliz".

Para você e Marisa, o carinho de Nita e meu.

Paulo Freire
São Paulo,

19 de setembro de 2002

Patrono da educação brasileira e autor de clássicos na área da educação, como "A importância do ato de ler" (1981) e "Pedagogia do Oprimido" (1968), Freire — cujo centenário é festejado em todo o mundo civilizado — via em Lula uma espécie de retrato e exemplos vivos dos temas que tratou em suas obras.

Carta do educador ao petista, portanto, mostra bem a dimensão e a grandeza histórica dos dois.

Compartilhe e curta mais abaixo nossa página no Twitter Facebook, para receber atualizações sobre este tema.

Faça uma pequena doação de um valor qualquer para que possamos continuar a manter este site aberto. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

PIX - Celular 86988453625 João R P Landim Nt

Siga-nos!

Mais recentes sobre educação...

Lei Complementar contra o magistério, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro em março deste ano, desconsiderou — para efeito de vários e importantes benefícios — quase dois anos de trabalho dos profissionais da educação, maio de 2020 a 31 de dezembro de 2021, fase crítica da pandemia de Covid-19. Na prática, é como se o magistério não tivesse...
Anúncios de pagamento devem se intensificar no mês de dezembro. Expectativa é que muitos estados e inúmeros municípios paguem o abono aos profissionais do magistério. CNTE luta para mudar critério de distribuição.