Deputada denuncia Bolsonaro e defende reajuste do magistério

20/01/2022

Para Natália Bonavides (PT-RN), "governo escolhe a seu bel prazer que norma vai ou não cumprir. Nosso país que tem nomes destacados no campo da educação não pode deixar que seus mestres e mestras não sejam valorizados."

Natália Bonavides (PT-RN) é uma das parlamentares mais jovens e atuantes da Câmara. Bolsonaro é só mesmo um genocida e inimigo da Educação Pública e de seus profissionais. Foto/reprodução.
Natália Bonavides (PT-RN) é uma das parlamentares mais jovens e atuantes da Câmara. Bolsonaro é só mesmo um genocida e inimigo da Educação Pública e de seus profissionais. Foto/reprodução.

Educação | Em matéria publicada no site da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), a deputada Natália Bonavides (PT-RN) denuncia o governo Bolsonaro por querer zerar reajuste dos professores em 2022, a exemplo do que fez também ano passado. Teresa Leitão, coordenadora do Setorial Nacional de Educação do Partido dos Trabalhadores (PT), também reforça que a lei do piso salarial dos professores é desrespeitada pelo presidente. Confira, após o anúncio.


Diz a deputada Natália Bonavides:

Bolsonaro é inimigo dos trabalhadores da educação! O MEC, desrespeitando a Constituição, decidiu que não vai implementar a Lei que garante o reajuste do piso salarial das professoras e professores. É o governo escolhendo a seu bel prazer que norma vai ou não cumprir. Nosso país que tem nomes destacados no campo da educação não pode deixar que seus mestres e mestras não sejam valorizados."

Continua, após o anúncio.

Coordenadora do Setorial Nacional de Educação do Partido dos Trabalhadores (PT) também reforça que a lei do piso salarial dos professores é desrespeitada por Bolsonaro. Diz Teresa Leitão:

"Bolsonaro, mais uma vez, desrespeita a lei do piso salarial profissional do magistério. Tenta repetir em 2022 o que fez em 2021, quando não atualizou o valor do piso. Precisamos lutar pelo que a lei nos garante: o percentual de 33.23% conforme critérios estabelecidos. Os ataques à educação por parte do governo federal são constantes e atingem os educadores e educadoras do Brasil." 


Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. E aproveite também para deixar uma pequena doação ao nosso site.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

Chave para Pix

E-mail: pix@deverdeclasse.org - João R P Landim Nt 

Siga-nos!

Mais recentes sobre educação

Deixe de aterrorizar os brasileiros com suas ameaças. Aceite que a maioria do povo não o quer mais. Vá rezar, se benzer, tomar um banho de sal grosso no lombo. Peça perdão por seus crimes cometidos na presidência. O Brasil quer é Lula de novo", diz um dos trechos enviado pela docente.