Bolsonaro diz que salários de servidores poderão ser atingidos de forma negativa brevemente

27/05/2020

Presidente alega que "38 milhões de informais perderam quase toda sua renda, milhões de formais perderam seus empregos ou tiveram seus salários reduzidos."

COMPARTILHE!

Publicidade

Capitão usa pandemia para chantagear maioria da população. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil.
Capitão usa pandemia para chantagear maioria da população. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil.

Economia | O presidente Jair Bolsonaro usou hoje (27) suas redes sociais e pintou um quadro catastrófico no País. Em especial, deixou um sinistro recado para os servidores públicos brasileiros. 

O pano de fundo de sempre é a pandemia de coronavírus e o isolamento social recomendado pela OMS e áreas médicas, usados por ele para chantagear a maioria da população. 

As ameaças do capitão

COMPARTILHE!

Faça uma pequena doação de qualquer valor, para ajudar a cobrir os custos de manutenção do site. Caso não possa ou não queira colaborar, continue a nos acessar do mesmo jeito enquanto estivermos ativos. Gratos.

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...

Destaque para nomeação de Hitler como chanceler da Alemanha; nascimento de Lewis Carrol, autor de "Alice no País das Maravilhas; nascimento de Mozart; Libertação de Auschwitz, na Polônia; tragédia na boate Kiss e término oficial da Guerra do Vietnam.
Destaque para Independência do Peru, Concílio de Trento, mudança do nome de Petrogrado para São Petesburgo, maior diamante do mundo, nascimento de Angela Davis — filósofa socialista estadunidense, inauguração da General Motors no Brasil.
Percentual de 14,95% foi definido no final de dezembro e já estava previsto pela evolução das estimativas do custo aluno em 2022. Já estava definido também o aumento do complemento da União, que passa de 15% para 17%, bem como a reposição dos recursos perdidos por conta na redução das alíquotas de ICMS. "Estudos" é para empurrar com a barriga...