Magistério não é lugar para covarde, diz professora aposentada

16/02/2020

COMPARTILHE!

Educação / Mestra quer que os colegas lutem com garra pelos seus direitos.

Publicidade

Imagem criada com o aplicativo Canva.
Imagem criada com o aplicativo Canva.

Dentre as dezenas de mensagens que recebemos todos os dias, uma merece destaque, não desmerecendo nenhuma das demais. Veio de uma professora aposentada do Rio Grande do Sul, Dona Francisca S Lemos, 77 anos. Ela encoraja os colegas e os chama para a luta. Veja, após o anúncio.

Vote na enquete!

Eis o que diz a professora:

"O piso nacional de nossa categoria ou qualquer outro direito não caíram ou caem do céu. Tudo é resultado de muito esforço e mobilização." 

"Fugir do enfrentamento contra os governos, sem razão que justifique, é estar a favor deles. O magistério não é lugar para covarde. Quem quer reajuste de salário, luta!"

COMPARTILHE!

Ajude com uma pequena doação. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...

Desde 2013, o STF considerou como constitucional a Lei do Piso Nacional dos professores. O mesmo Supremo decidiu ainda que o critério de reajuste anual também está de acordo com a Constituição Brasileira. Tal decisão se deu em fevereiro de 2021, isto é, já na vigência do novo Fundeb.
Um se refere a figura ou algo notável, ilustre; o outro, a algo que está prestes a ocorrer.