Só o povo nas ruas pode impedir que Bolsonaro instaure uma nova ditadura no Brasil

31/01/2020

Política / A esquerda e todos os setores democráticos devem parar de acreditar em instituições ilusórias e em políticos velhacos e calhordas, como Rodrigo Maia ou FHC. É preciso chamar o povo para barrar o fascista.

COMPARTILHE!

Publicidade

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Não há muito o que falar, tergiversar ou escrever. O Palácio do Planalto já está tomado por militares. Um general já é o chefe da Casa Civil. Uma manifestação pró golpe — convocada pelo próprio fascista-mor — ocorreu em 15 de março e outra no último domingo, 19. O presidente Bolsonaro está decidido a instaurar uma nova ditadura no Brasil. Continua, após o anúncio.

Só o povo pode barrar o fascista

A esquerda e todos os setores democráticos devem parar de acreditar em instituições ilusórias e chamar o povo para barrar o fascista.

O STF, a mídia comercial, a OAB e políticos velhacos e calhordas como FHC ou Rodrigo Maia não vão impedir Bolsonaro de consolidar seu plano. Continua, após o anúncio.

Essa turma toda ajudou o fascista a chegar ao governo. Todos apoiaram o golpe que derrubou a presidenta Dilma (PT). Todos apoiaram a prisão de Lula. Todos apoiam a política econômica do aprendiz de ditador.

Reiteramos: só o povo pode impedir que Bolsonaro instaure novamente uma ditadura no Brasil.

COMPARTILHE!

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

Doar com PayPal

Doar com PagSeguro

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes...

Benefício será depositado na conta de professores e todos os demais servidores da educação ainda neste mês de dezembro. Detalhe do anúncio mostra que não é só do Fundeb que há sobras de recursos, algo que deve ser observado pelo magistério de todo o Brasil.
Medidas visam adequar prefeitura de Teresina à Reforma da previdência criada pelo presidente Jair Bolsonaro, do qual o prefeito José Pessoa (MDB) é forte aliado. Direção do Sindserm-THE chama mobilização para Câmara Municipal, com o intuito de barrar as horrendas iniciativas.
Magistério de estados e municípios deve pressionar gestores sobre recursos, pois aprovação de lei sobre como proceder ao rateio encerra dia 31 deste mês, vez que dinheiro que sobrar deve ser devolvido em forma de abono ao magistério ainda neste ano. Vereadores e deputados estaduais devem ser acionados o quanto antes. O recesso parlamentar se...