Projetos cortam direitos, salários e aumentam desconto da previdência

07/12/2021

Medidas visam adequar prefeitura de Teresina à Reforma da previdência criada pelo presidente Jair Bolsonaro, do qual o prefeito José Pessoa (MDB) é forte aliado. Direção do Sindserm-THE chama mobilização para Câmara Municipal, com o intuito de barrar as horrendas iniciativas. 


Professor Sinésio Soares, membro da direção colegiada do Sindserm. Servidores municipais de Teresina devem atender apelo do sindicato para não perder direitos conquistados a duras penas. Foto/reprodução.
Professor Sinésio Soares, membro da direção colegiada do Sindserm. Servidores municipais de Teresina devem atender apelo do sindicato para não perder direitos conquistados a duras penas. Foto/reprodução.

Educação | É para aniquilar o servidor! No vídeo ao final da matéria, o professor Sinésio Soares — membro da direção colegiada do Sindserm-THE — alerta sua categoria para o perigo de quatro projetos lançados na calada da noite pelo prefeito José Pessoa (MDB-PI). Medidas cortam direitos, reduzem salários e aumentam alíquota da previdência, dentre outros gravíssimos ataques aos servidores municipais de Teresina, principalmente os da Saúde e Educação. Sindicato fará mobilização nesta terça-feira (7) — na porta da Câmara Municipal — às 8 horas. O objetivo é barrar as horrendas iniciativas.

Bolsonaro

Na verdade, projetos visam adequar o serviço público da capital do Piauí à reforma da previdência criada pelo presidente Jair Bolsonaro, do qual inclusive o prefeito José Pessoa é fortíssimo aliado. Após o anúncio, confira o vídeo com as informações detalhadas sobre o tema.

O vídeo

Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. E aproveite também para deixar uma pequena doação ao nosso site.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

Chave para Pix

E-mail: pix@deverdeclasse.org - João R P Landim Nt 

Siga-nos!

Mais recentes sobre educação

Professora Dorinha é presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados e diz que não há lacuna para que o percentual de 33,23% não seja cumprido urgentemente, tal como reza a lei 11.738/2008. O Dever de Classe entrou em contato com a assessoria da parlamentar e obteve mais informações sobre as ações que poderão ser feitas.
Educadora diz que "é uma tristeza ver uma professora usar o nome de Deus para defender um presidente satânico e que "se não houver paralisação nacional e luta não haverá aumento de salário nenhum".