Sindicato exige respeito e ameça greve geral, caso reajuste do magistério não seja cumprido!

30/01/2020

COMPARTILHE!

Educação / Mobilizações devem começar a ocorrer em todo o País. Divulgue, para ajudar também a estimular o seu Estado ou município para a luta

Publicidade

O Sinte-Pi fará Assembleia Geral dia 4 de fevereiro, terça-feira. A pauta principal é o reajuste de 12,84% da categoria e análise de possível proposta do governo. Educadores estão firmes e ameaçam grevar por tempo indeterminado, caso aumento seja descumprido. "Sem o piso não dá, a Educação vai parar", diz a palavra de ordem do sindicato.

Divulgue, para ajudar também a estimular para a luta o seu Estado ou município. Mobilizações semelhantes devem ocorrer em todo o País. Após o anúncio, veja o chamado para o movimento.

Vote na enquete!

COMPARTILHE!

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...

1932. O mafioso Al Capone começa, em Atlanta, a cumprir uma sentença de onze anos de prisão por sonegação de impostos.

1979. Margaret Thatcher vence as eleições gerais do Reino Unido e torna-se a primeira mulher a ser primeira-ministra britânica.

No entendimento de José Professor Pachêco e Renato Coelho de Farias, a correção do piso deve ser pelo custo aluno executado, e não pelo custo aluno estimado. Deste modo, índice de 2024 é 4,70%, e não 3,62%. Nesta linha, valor nominal deste ano é R$ 4.633,44, em vez de R$ 4.580,57. Foi o que divulgamos aqui em matéria do Dever...