Professores decidem fazer Greve Geral pelo reajuste de 12,84% do magistério!

04/02/2020

COMPARTILHE!

Educação / Movimentos paredistas devem ocorrer em todo o País, pois há recursos para cumprimento do piso.

Publicidade

Foto: Agência Brasil.
Foto: Agência Brasil.

Os professores  do Piauí decidiram hoje (04) entrar em Greve Geral por tempo indeterminado pelo reajuste de 12,84% para o magistério. Atitude firme e corajosa foi tomada em Assembleia Geral, após o governador Wellington Dias (PT) não apresentar proposta satisfatória de cumprimento da atualização salarial dos educadores.

 Votação na assembleia teve 100% de votos a favor da paralisação. Movimentos paredistas como o decidido no Piauí devem ocorrer em todo o País, uma vez que a maioria de prefeitos e governadores até agora também não apresentou qualquer proposta de reajuste, embora tenham recursos financeiros para isso, conforme tabela após o anúncio. Continua, após o anúncio.

Recursos

Não há justificativa plausível para o não cumprimento do piso. Tabela abaixo, feita a partir de dados do Banco do Brasil, mostra que prefeitos e governadores podem perfeitamente cumprir o reajuste de 12,84% do magistério. Observe que os valores relativos ao Fundeb se referem a apenas um mês.

Vote na enquete!

COMPARTILHE!

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Anúncio

Mais recentes...

Deixe de aterrorizar os brasileiros com suas ameaças. Aceite que a maioria do povo não o quer mais. Vá rezar, se benzer, tomar um banho de sal grosso no lombo. Peça perdão por seus crimes cometidos na presidência. O Brasil quer é Lula de novo", diz um dos trechos enviado pela docente.
Jair Bolsonaro sabe que as urnas são seguras e que as pesquisas refletem vitória de Lula no primeiro turno, tal também como acertaram em relação ao próprio atual presidente em 2018. Por isso, só resta ao capitão berrar, para tentar tumultuar o dia do pleito e ganhar no grito. Coisa de baderneiro desesperado", diz o cientista político, que faz...