Ministro ataca servidor, mas todo mês leva uma bolada dos cofres públicos!

08/02/2020 11:00

Economia / Além de um gordo salário e outras regalias, Paulo Guedes dá despesas também com assessores e excesso de viagens.

COMPARTILHE!

Publicidade

Foto: José Cruz/Agência Brasil.
Foto: José Cruz/Agência Brasil.

O ministro da Economia Paulo Guedes é o que se pode chamar de porta-voz da incoerência. Ao tempo em que chama servidores públicos de parasitas e diz que o funcionalismo dá muitas despesas ao País, ele próprio recebe todo mês uma bolada dos cofres públicos. Além de um gordo salário de mais de R$ 30 mil e muitas regalias, ele dá também prejuízos ao povo com assessores e excesso de viagens, conforme veremos após o anúncio.

Fortuna

Paulo Guedes embolsa todo mês uma boa fortuna dos cofres públicos. Segundo o Portal da Transparência, o ministro recebe salário mensal de R$ 30.934,70 e outras regalias. 

Apenas no mês de dezembro de 2019, por exemplo, seus rendimentos chegaram a R$ 49.437,94. Em um ano, sem contar as regalias e a Gratificação Natalina, a renda salarial do ministro chega a R$  371.216,02.

Que professor ou outro funcionário comum recebe dos cofres públicos tanto dinheiro assim? Continua, após o anúncio.

Mais dinheiro

Além do gordo salário e regalias, Paulo Guedes dá também muitas despesas aos cofres públicos através de assessores e muitas viagens que faz. 

Segundo ainda o Portal da Transparência, 57 viagens já foram feitas pelo ministro. E todas elas têm despesas com passagens, diárias e 'outros' gastos.

Se fosse mesmo tão preocupado com os cofres públicos, cortava pelo menos o próprio salário pela metade.

COMPARTILHE

Curta nossa página e receba atualizações sobre este e outros temas!

Mais recentes...