Quem está pagando diária de hotel 5 estrelas em NY onde ministro da Saúde pode estar?

22/09/2021

Marcelo Queiroga testou positivo para Covid-19 e anunciou que cumprirá quarentena de 14 dias nos EUA. Resta esclarecer quem pagará a conta.

Publicidade

Hotéis 5 estrelas sempre são muito caros em qualquer lugar do mundo, principalmente no pais mais poderoso do planeta. Foto ilustrativa: arquivos Webnode.
Hotéis 5 estrelas sempre são muito caros em qualquer lugar do mundo, principalmente no pais mais poderoso do planeta. Foto ilustrativa: arquivos Webnode.

Política | Ao testar positivo para Covid-19, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga informou em sua conta no Twitter

"Comunico a todos que hoje testei positivo para #Covid19. Ficarei em quarentena nos #EUA, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária."

Parabéns ao ministro Queiroga, que pode ficar em segurança sanitária nos EUA. Queiroga só não esclareceu, no entanto, quem pagará a conta dos seus 14 dias de quarentena no país mais poderoso e rico do planeta. 

O Dever de Classe fez um pequeno levantamento de hotéis 5 estrelas onde provavelmente o ministro pode estar hospedado. 

Custo de uma diária no The Mark Hotel, por exemplo, chega até a R$ 6.459 (seis mil, quatrocentos e cinquenta e nove mil reais). Preço mais baixo neste mesmo local: R$ 6.192 (seis mil, cento e noventa e dois reais).

A consulta foi no site Trivago, especializado em viagens e estadias no mundo todo. Pule o anúncio e confira.

Valor de diárias em hotéis 5 estrelas de Nova Iorque (EUA):

O tuíte do ministro

Compartilhe e curta abaixo nossa página no Twitter e Facebook, para receber atualizações sobre este tema. Aproveite para deixar uma pequena doação ao nosso site.

Ajude com uma pequena doação de qualquer valor. Temos custos a pagar todos os meses e, para manter nossas publicações, precisamos de seu apoio. Se não quiser ou não puder doar, continue a nos acessar do mesmo jeito. Gratos.

PIX - Celular 86988453625 João R P Landim Nt

Siga-nos!

Mais recentes sobre política...

Alta dos alimentos e combustíveis, desemprego, fila do osso, classe média enfezada porque não pode mais ir à Disney, reformas anti povo, resultados horrendos da pandemia, corrupção desenfreada... Este é o coquetel de veneno criado pelo capitão que pode levá-lo não à reeleição, e sim à cadeia após 2022. Mourão deve ir junto.