Urgente | Parlamentar denuncia corte drástico de verbas da educação! Assista e compartilhe...

07/07/2018 13:07

Além do corte previsto de 23% para 2019, Valente denuncia também que o Orçamento do MEC encolheu de R$ 105 bilhões em 2014 para R$ 92 bilhões em 2017. Só a educação básica perdeu 22% em seus recursos

DA REDAÇÃO | No vídeo acima, o deputado Ivan Valente (PSOL-SP) denunciou em sessão na Câmara dos Deputados (9) o escandaloso corte de verbas da educação previsto para 2019. O governo golpista quer entregar a pasta com 23% a menos em seus recursos. O motivo de tamanho corte, explica o deputado, é a PEC do Teto, também chamada de PEC da Morte, que corta investimentos em educação e demais setores sociais por 20 anos.

Valente denuncia ainda que o orçamento do MEC caiu de R$ 105 bilhões em 2014 para R$ 92 bilhões em 2017. Só no ensino superior, a queda foi de 9%. Na educação básica, o declínio foi muito maior: 22%. "Esse é o governo golpista de Temer", diz o parlamentar. Na verdade, muitos dos que saíram às ruas para derrubar a presidenta Dilma (PT) agora colhem os frutos podres do que plantaram. (Continua, após o anúncio).

Mais arrocho

Corte no orçamento do MEC certamente trará´mais problemas para alunos e, principalmente, para os trabalhadores em educação. Com menos dinheiro e a proibição de fazer novos investimentos na área, prefeitos e governadores vão aproveitar para promover mais cortes e congelamentos nos salários e nas carreiras dos profissionais do magistério.

Sobre essa questão, a professora piauiense Célia Fernandes, que no início teve ilusões com o Temer, diz: "É preciso fazer o caminho de voltar e sair às ruas novamente. Só que agora para botar esse golpista para correr. E é preciso ficar atento também e não votar em todos os políticos que apoiaram o golpe de 2016".

LEIA TAMBÉM: