DE OLHO. Deputada cria Observatório do Piso Nacional do Magistério

15/03/2024

Além de expor o nome do gestor fora da lei, Professora Luciene Cavalcante (PSOL-SP) encaminha os casos de calote para providências no TCU.

Sexta, às 17:46


Compartilhe a matéria

  • Por essa o obtuso presidente da CNM não esperava! A deputada federal Professora Luciene Cavalcante (PSOL-SP) criou uma importantíssima ferramenta — para mapear e denunciar caloteiros do Piso Nacional do Magistério — junto ao Tribunal de Contas da União (TCU). É o próprio gabinete da parlamentar que se encarrega de encaminhar as denúncias, que já passam de 600 (seiscentas), até data desta postagem. Acesse o link ao final da matéria e informe se em sua cidade ou Estado o piso mínimo deste ano — R$ 4.580,57 — não está sendo cumprido para jornada de até 40 horas semanais. Se não estiver, a parlamentar encaminhará a denúncia.

Continua, após o anúncio.


Deputada Luciene Cavalcante (PSOL-SP). Professora e supervisora escolar concursada da rede municipal de SP. É formada em pedagogia na USP, tendo mestrado em Educação na UNICAMP. Além disso, é advogada e pesquisadora em direito educacional. Integra o Coletivo "Educação em 1º lugar" Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados.
Deputada Luciene Cavalcante (PSOL-SP). Professora e supervisora escolar concursada da rede municipal de SP. É formada em pedagogia na USP, tendo mestrado em Educação na UNICAMP. Além disso, é advogada e pesquisadora em direito educacional. Integra o Coletivo "Educação em 1º lugar" Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados.

Tópicos relacionados:


Justificativa e PL para punir gestores ímprobos. 

Na página criada para mapear e denunciar gestores caloteiros, a deputada Professora Luciene Cavalcante justifica sua medida e solicita também assinatura em apoio ao PL 961/23, de sua autoria. "Esse projeto caracteriza como improbidade administrativa o descumprimento do pagamento do piso profissional nacional, em especial do magistério e da enfermagem, e a punição do governante que se recusar a seguir a lei. Além disso, passa a ser caracterizado como improbidade o não repasse adequado por parte do governo federal aos estados e municípios."

Matéria continua...


Pix CEF

pix@deverdeclasse.org

João R P Landim Nt  


Pix Vakinha

3435969@vakinha.com.br

João Rosa Paes Landim Neto 

Total apoio

O Dever de Classe reitera que as ideias da deputada Professora Luciene Cavalcante são importantíssimas para ajudar na garantia dos direitos básicos do magistério. Tais iniciativas, somadas às lutas diretas que cada categoria deve empreender, certamente farão com que dias melhores possam vir para os profissionais da Educação de todo o Brasil.



Mais recentes sobre Piso do Magistério:


Mais vinte destaques no Brasil e no mundo...

1985. Morte de Tancredo Neves, primeiro quase presidente civil após o fim da ditadura militar instalada no Brasil em 1964.

1980. Durante a ditadura militar, o então líder sindical Luís Inácio Lula da Silva é preso por liderar uma famosa greve operária no ABC paulista.

2016. Câmara dos Deputados afasta a presidenta Dilma do cargo e dá início oficial ao golpe que levou Michel Temer e Jair Bolsonaro ao poder.

1917. Lenin volta de seu exílio na Suíça e, após chegar em Petrogrado, lança suas famosas "Teses de Abril, documento que daria origem à URSS.