Expulsão | Maduro dá prazo de 48 horas para o mais alto diplomata dos EUA sair da Venezuela! Leia e compartilhe...

22/05/2018 18:11

Maduro e Todd Robinson, diplomata expulso da Venezuela
Maduro e Todd Robinson, diplomata expulso da Venezuela

"Eles devem deixar o país em 48 horas. É nosso protesto em defesa da dignidade da pátria venezuelana. Chega de conspirações!", afirmou Maduro, com muita firmeza

LEIA TAMBÉM:

Estranho | Na Venezuela, até os ditadores têm que ser eleitos pelo povo!

COM INFORMAÇÕES DO CLARÍN | Dois dias após vencer com facilidade as eleições presidenciais na Venezuela, Nicolás Maduro expulsou do território venezuelano Todd Robinson, o mais alto diplomata dos EUA na terra do chavismo. Robinson, acusado por Maduro de ser um conspirador contra os interesses econômicos, militares e políticos do povo da Venezuela, tem 48 horas para sair desse país. Maduro também ordenou a expulsão do chefe da seção política da embaixada, Brian Naranjo, a quem ele identificou como representante em Caracas da agência central de inteligência (CIA).

Segundo matéria do jornal argentino Clarín, "a decisão de expulsar o diplomata e o chefe da seção política da embaixada foi em resposta a um decreto assinado na segunda-feira por Donald Trump", que impõe severas sanções econômicas ao povo da Venezuela.

"Eu repudio todas as sanções que são impostas contra a República Bolivariana da Venezuela, porque elas machucam e geram sofrimento ao nosso povo", disse Maduro. (Continua, após o anúncio).

"Eles devem deixar o país em 48 horas. É nosso protesto em defesa da dignidade da pátria venezuelana. Chega de conspirações!" , afirmou o governante, com muita firmeza. 

LEIA TAMBÉM: