Absurdo | Consultor do Senado propõe duras punições a trabalhadores dos setores público e privado, caso reforma não passe! Saiba mais e compartilhe...

27/12/2017 10:22

DA REDAÇÃO | Preocupados com a ausência de votos necessários para acabar a aposentadoria dos trabalhadores na Câmara dos Deputados (é preciso no mínimo 308 votos), golpistas já estudam outras formas de penalizar ainda mais a maioria do povo. Em matéria de hoje (9) da Folha de S.Paulo, um Consultor do Senado (Pedro Fernando Nery) foi escalado para defender medidas duríssimas contra os trabalhadores públicos e privados, caso a reforma da previdência não passe. A Folha, como se sabe, é uma das maiores porta-vozes do desgoverno Temer (PMDB) e de todas as suas políticas de ataques a quem vive do próprio trabalho. (Continua após o anúncio).


Medidas severas

Diz o consultor Fernando Nery que:

"Há uma série de medidas que [Temer] pode fazer, como Fernando Henrique Cardoso fez em 1999 com o fator previdenciário [fórmula que reduz o valor do benefício para quem se aposenta mais cedo]." 

"Pode [também] ajustar a forma de cálculo da [aposentadoria] da iniciativa privada, com impacto grande no curto prazo — por exemplo, extinguir a fórmula 85/95 e criar um fator previdenciário mais duro. Por fator previdenciário mais duro, entenda-se: elevar ainda mais a idade e o tempo de contribuição para quem um dia quiser se aposentar. (Após o anúncio, ver ataques ao funcionalismo).

Nery também ataca o funcionalismo público:

"O governo pode elevar ainda mais a contribuição dos servidores — agora estão tentando elevar para 14%." Pelo que se depreende das ideias do tal consultor, a contribuição dos servidores deve subir além dos 14%, o que, na prática, implica diminuição do valor líquido que o servidor irá receber.


Pensão por morte

Diz Nery: [Temer] "Pode reduzir também a pensão por morte no INSS." (Continua após o anúncio).


Mais ataques contra os pobres

"O governo pode mexer em quase tudo do BPC [benefício a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda], pode alterar [dificultar] critérios para comprovar tempo de contribuição na atividade rural."

Enfim: Temer, Folha e o tal consultor são realmente de morte.

Compartilhe com seus amigos e curta nossa página, para receber atualizações sobre este e outros temas!

DA REDAÇÃO | Segundo postagem de hoje (16) da Folha de S.Paulo: "A inclusão de filosofia e sociologia como disciplinas obrigatórias no ensino médio em 2009 prejudicou a aprendizagem de matemática dos jovens brasileiros, principalmente os de baixa renda. A [inacreditável] conclusão é dos pesquisadores Thais Waideman Niquito e Adolfo Sachsida, em...

DA REDAÇÃO | Foi aprovado na última sexta-feira (23) na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei (PL 9.468/18). Medida obriga escolas públicas e privadas de todo o País a capacitarem seus professores e demais funcionários em noções básicas de primeiros socorros, ou seja, no atendimento de emergências e urgências médicas. (Dê sua opinião sobre este...