Urgente! Com reforma, saiba quantos anos a mais os professores terão em sala de aula! Veja e compartilhe...

12/12/2017 16:04

Temer, Mendonça Filho e Padilha: golpistas a favor de mais tempo de sala de aula para os professores / Foto: Agência Brasil
Temer, Mendonça Filho e Padilha: golpistas a favor de mais tempo de sala de aula para os professores / Foto: Agência Brasil

DA REDAÇÃO | Segundo análise minuciosa da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação — CNTE — o magistério é a categoria mais penalizada com a reforma da previdência que Michel Temer (PMDB) e demais golpistas querem impor aos trabalhadores do País. Neste particular, as professoras estão na linha de frente entre os mais prejudicados. Ver dados após o anúncio e vote na enquete ao final da matéria.

Como é e como Temer quer que seja

  • Idade e contribuição - Regra atual: mulheres se aposentam com 50 anos de idade e 25 anos de contribuição. E os homens com 55 anos de idade e 30 anos de contribuição. Aposentadoria Especial.
  • Idade e contribuição - Regra Temer: mulheres e homens passam a se aposentar com, no mínimo, 60 anos de idade e, também no mínimo, 25 anos de contribuição. Acaba a aposentadoria Especial.
  • Valor do benefício - Regra atual: Quem completa a idade e o tempo mínimo de contribuição adquire direito a aposentadoria integral.
  • Valor do benefício - Regra Temer: a professora e o professor deverão trabalhar, no mínimo, 40 anos para obterem o teto de suas contribuições. Ou seja: as professoras e os professores serão obrigados a trabalhar 15 e 10 anos a mais, respectivamente, para terem direito ao que receberiam pela regra atual. Quem aguentará? Após o anúncio, vote na enquete sobre a aposentadoria especial dos professores.

Vote na enquete

Compartilhe com seus amigos e curta nossa página, para obter atualizações sobre este e outros temas! 

LEIA TAMBÉM:

Educação | As perdas no piso nacional do magistério de milhares de professores em todo o País chegam a 47,14%. Percentual não recebido corresponde ao período de 2014 a 2018. Isto ocorre porque muitos prefeitos e governadores simplesmente ignoram a Lei Federal 11.738/2008 e não pagam os reajustes todo mês de janeiro, como reza essa legislação....